05 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEditorialA importância do Nordeste para a Consciência Negra no Brasil

A importância do Nordeste para a Consciência Negra no Brasil

O Nordeste é uma região que tem uma forte presença da cultura afro-brasileira, fruto da história de resistência e luta dos povos negros contra a escravidão e o racismo. Neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, é importante reconhecer o papel do Nordeste na valorização e na proteção da identidade negra no Brasil.

O Dia da Consciência Negra foi escolhido em homenagem a Zumbi dos Palmares, líder do maior quilombo do país, que foi morto em 1695 na região de Alagoas. Zumbi é um símbolo da resistência negra e da defesa da liberdade e da dignidade humana. Os quilombos eram comunidades formadas por escravos fugidos, que se organizavam de forma autônoma e solidária, mantendo suas tradições africanas e criando novas formas de expressão cultural.

- Continua depois da publicidade -

O que o Nordeste tem a ver com o Dia da Consciência Negra?

O Nordeste foi palco de muitas outras manifestações de rebeldia e de afirmação da identidade negra, como a Revolta dos Malês, em Salvador, em 1835, que foi uma das maiores insurreições de escravos urbanos do Brasil.

A região também foi berço de importantes movimentos sociais e políticos que lutaram pelos direitos dos negros, como a Frente Negra Brasileira, fundada em 1931, com o objetivo de estabelecer uma união política e social da população negra em todo o Brasil. A princípio, o movimento enxergava que unir regiões como o Nordeste e o sul do país iria potencializar os direitos históricos, materiais e políticos dos povos negros no Brasil. Também tem o Movimento Negro Unificado, que nasceu em 1978 e fez história na luta por igualdade racial no Brasil.

Uma das culminâncias da luta do MNU viria anos depois com a Lei de Cotas do Ensino Superior (Lei 12.711/12). Essa é um dos maiores avanços na luta pela igualdade racial no Brasil. A iniciativa contou com o apoio de diversos parlamentares e entidades do Nordeste.

Como a cultura afro-brasileira se manifesta no Nordeste

A cultura afro-brasileira se manifesta de diversas formas no Nordeste, como na música, na dança, na religião, na culinária, na literatura, nas artes plásticas, entre outras. Algumas expressões culturais típicas do Nordeste que têm origem africana são o maracatu, o afoxé, o bumba meu boi, o candomblé, a capoeira, o coco, o samba de roda, o cordel, a xilogravura, etc. Essas expressões são formas de preservar e de divulgar a riqueza e a diversidade da cultura afro-brasileira, que é parte essencial da identidade nacional.

Ao mesmo tempo, devemos também lembrar que o Nordeste tem a cidade com maior população negra do mundo fora da África. Trata-se de Salvador (80% da população). São Luís é a segunda capital do Brasil com o maior percentual de pessoas negras: 71%.

A identidade negra está por toda a capital baiana.

O Nordeste, portanto, tem uma importância fundamental para a Consciência Negra no Brasil, pois é uma região que guarda a memória da resistência e da luta dos povos negros, que celebra e valoriza a cultura afro-brasileira, e que contribui para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Neste dia, devemos reconhecer e homenagear a história e a cultura do Nordeste, que é também a história e a cultura do Brasil.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Cidade do Nordeste surpreende em ranking de menor desperdício de água

Uma cidade do Nordeste é destaque em ranking dos municípios que menos desperdiçam água. Caruaru, conhecida pelo seu forte apelo cultural e econômico no...