03 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaBordadeiras do RN criam uniformes do Brasil nas Olimpíadas

Bordadeiras do RN criam uniformes do Brasil nas Olimpíadas

No Rio Grande do Norte, um grupo de bordadeiras está desempenhando um papel especial na preparação da delegação brasileira para os Jogos Olímpicos de Paris. Com suas mãos habilidosas e uma paixão pelo artesanato, essas mulheres estão confeccionando os uniformes que serão usados pelos atletas na cerimônia de abertura.

Para essas bordadeiras de Timbaúba dos Batistas, o bordado é mais do que uma simples técnica; é uma expressão de amor e tradição que passa de geração em geração. Iraneide Batista de Araújo, uma das bordadeiras envolvidas no projeto, destaca a importância do cuidado e da atenção aos detalhes em cada peça.

- Continua depois da publicidade -

Bordadeiras conhecidas em todo o mundo

O trabalho dessas mulheres transformou-se em uma representação vívida da fauna e flora brasileiras, com onças, tucanos e araras adornando os uniformes. Esses elementos refletem a rica diversidade do país e estarão aos olhos do mundo durante a cerimônia de abertura.

Embora vivam no semiárido do Rio Grande do Norte, as bordadeiras se dedicaram incansavelmente ao projeto, conscientes do impacto que seu trabalho terá no cenário internacional. Bárbara Domingos, da ginástica rítmica e uma das atletas que terá a honra de usar esses uniformes, expressou sua gratidão pela dedicação das bordadeiras.

bordado do Brasil nas Olimpíadas

Além de seu valor estético, os uniformes também têm um compromisso com a sustentabilidade. Feitos com matéria-prima reciclada, incluindo saias e calças brancas, camisetas com as cores da bandeira brasileira e jaquetas jeans com os bordados artesanais nas costas, essas peças são um exemplo do compromisso do Brasil com práticas ambientalmente conscientes.

LEIA TAMBÉM:
Ranking revela estados que mais geram empregos no Nordeste
IBGE: estados do Nordeste lideram altas no setor de Serviços
Rio Grande do Norte tem o maior fluxo turístico dos últimos 7 anos
Sergipe sai na frente e lança programação do São João

Em resumo, até o momento 165 brasileiros já estão aptos para usar os uniformes. Ao mesmo tempo, a produção em andamento é para atender a uma possível equipe de até 300 atletas. Desse modo, as bordadeiras continuam trabalhando incansavelmente para garantir que cada peça seja uma obra de arte única.

bordadeiras trabalhando

LEIA TAMBÉM:
“Rei do Ovo” vai ampliar a produção no Rio Grande do Norte
Ranking elege os bairros mais valorizados do Nordeste
Nordeste ganhará 38 novos campi de institutos federais

A cerimônia de abertura das Olimpíadas de Paris será um momento de orgulho para o Brasil. E as bordadeiras do Rio Grande do Norte terão a satisfação de saber que sua arte estará presente em um dos eventos esportivos mais importantes do mundo.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Capital no Nordeste lança plano para ter 700 km de ciclovias

Uma capital no Nordeste deu um grande passo em direção a uma mobilidade mais sustentável e inclusiva. Isso porque o prefeito de Salvador, Bruno...