05 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEntretenimentoCaetano traz para o Nordeste show de disco clássico de 1972

Caetano traz para o Nordeste show de disco clássico de 1972

O show do disco Transa, um dos álbuns mais emblemáticos de Caetano Veloso, enfim chegou ao Nordeste. Na madrugada desta segunda-feira, 29, o Festival de Verão Salvador testemunhou este momento épico quando o cantor baiano subiu ao palco para apresentar o icônico trabalho.

Considerado uma obra-prima da música popular brasileira e um dos álbuns mais importantes da carreira de Caetano, “Transa” foi produzido durante seu exílio em Londres e só foi apresentado ao vivo em outras cinco ocasiões. O artista, natural de Santo Amaro, não escondeu sua felicidade ao cantar os sucessos na sua terra natal. “Poxa vida, Transa na Bahia!”, exclamou ele no início da performance.

- Continua depois da publicidade -

O repertório icônico do Transa

O repertório do show incluiu as sete faixas do álbum, além de outras músicas da carreira do cantor. Em um momento nostálgico, Caetano compartilhou histórias sobre o período e a produção de algumas das faixas, como “Irene” e “Maria Bethânia”, escritas durante seu exílio e prisão em homenagem às suas irmãs.

Um dos momentos mais especiais da noite foi quando Caetano recebeu no palco Jards Macalé, Tutty Moreno e Áureo de Souza, membros originais da banda responsável pelos arranjos de “Transa”, para acompanhar “You Don’t Know Me” e “Sem Samba Não Dá”, uma de suas composições mais recentes. Ele também prestou homenagem ao baixista Moacir Albuquerque, falecido em 2000.

Caetano conduziu o público como um maestro, que entoou as melodias em uníssono.

Para encerrar o espetáculo, o artista cantou “Nine Out of Ten”, uma das primeiras músicas brasileiras com influências de reggae. Clássicos como “Triste Bahia”, baseado no poema homônimo de Gregório de Mattos, e “It’s a Long Way”, com trechos de “A Lenda do Abaeté”, de Dorival Caymmi, também fizeram parte da emocionante sequência de músicas.

Apesar de só ter sete músicas, Transa é um dos discos mais icônicos da música brasileira.

Transa e as referências nordestinas

Ao mesmo tempo, o disco Transa está repleto de referências nordestinas. You Don´t know me traz de cara trecho da música Maria Moita “Nasci lá na Bahia De Mucama com feitor”. Além disso, Caetano também toca Asa Branca, de Luiz Gonzaga, além de referências a Castro Alves e Gregório de Mattos.

Uma turnê do Transa pelo Nordeste?

Durante a apresentação do cantor, várias pessoas postaram nas redes sociais falando do show e especulando uma turnê do disco pelas cidades do Nordeste. Até o momento não há nada de concreto. Contudo, pelo sucesso deste evento, é possível que o cantor baiano possa visitar outras praças da região levando este espetáculo icônico de várias gerações.

Foto: Multishow

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Pernambuco recebe R$ 235 milhões em investimentos que vão gerar 2,8 mil empregos

Projetos de investimentos em Pernambuco terão benefícios da Sudene tiveram os pleitos de incentivos fiscais aprovados pela Sudene. Um total de 10 projetos foram...