10 / 07 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaCeará é destaque na produção de frango e suíno em 2024

Ceará é destaque na produção de frango e suíno em 2024

No primeiro trimestre de 2024, o Ceará destacou-se na produção de frango e suíno, impulsionando o crescimento regional do Nordeste, que superou a média nacional nesses segmentos. Os dados são do Informe Macroeconômico produzido pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), baseado na Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE.

Produção de Frango

No período, a produção de frango no Ceará atingiu 16,4 mil toneladas, um aumento de 5,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. No contexto nordestino, a produção totalizou 130,2 mil toneladas de carcaças abatidas, representando um crescimento de 3,2%.

- Continua depois da publicidade -

Produção de Suínos

O setor de suínos também apresentou crescimento significativo no Ceará, com um aumento de 18,2% no rebanho. O estado consolidou sua posição como o segundo maior rebanho regional, representando 27,7% do total, atrás apenas da Bahia, que detém 46,9%. O Nordeste registrou um aumento de 2,9% no número de cabeças abatidas, totalizando 4,4 milhões de animais.

Comparação com o Cenário Nacional

Em contraste, a produção nacional de frango apresentou uma queda de 2,6% no número de frangos abatidos, enquanto o setor de suínos registrou uma retração de 1,6%.

Fatores Contribuintes

Hellen Leão, economista e pesquisadora do Etene, atribui o crescimento na produção de frangos e suínos no Ceará à redução dos custos de produção e ao aumento do consumo interno. “O avanço na produção de soja no Nordeste, com um crescimento de 2,3% em 2024, contrastando com a queda de 3,3% no país, e o aumento de 53,3% na produção de milho no Ceará, frente à queda de 14,5% no Brasil, contribuíram para a redução dos preços das commodities agrícolas e impactaram positivamente os custos de produção de frangos e suínos”, explicou.

Tabela de Dados

SegmentoLocalProdução (Toneladas)Crescimento (%)
FrangoCeará16,4 mil5,9%
FrangoNordeste130,2 mil3,2%
SuínosCeará (rebanho)18,2%
SuínosNordeste4,4 milhões (cabeças)2,9%
FrangoNacional-2,6%
SuínosNacional-1,6%

Conclusão

O desempenho positivo do Ceará e do Nordeste no setor de frango e suínos, mesmo diante de um cenário nacional desfavorável, destaca a importância das estratégias regionais para promover a produção agropecuária e fortalecer a economia local.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos