05 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaCidades do Norte e Nordeste  terão programa para  contratação de médicos

Cidades do Norte e Nordeste  terão programa para  contratação de médicos

Dinheiro será liberado pelo BNDES e pela associação Umane para cidadesz com falta de médicos terão R$ 20 milhões

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a associação civil independente Umane anunciaram uma colaboração para destinar até R$ 20 milhões a projetos de Atenção Primária em Saúde (APS) no Sistema Único de Saúde (SUS) em municípios do Norte e Nordeste, que possuam menos de um médico a cada mil habitantes. Esta operação busca beneficiar mais de 1,4 mil cidades nas duas regiões.

- Continua depois da publicidade -

Detalhes do Financiamento:

  • Os projetos serão selecionados por meio de edital, enfocando soluções baseadas nos fundamentos das redes de atenção à saúde.
  • Capacidade de impactar processos de atenção primária, utilizando dados, novas tecnologias, saúde digital e inovação.
  • Projetos com conclusão até junho de 2026 podem solicitar apoio financeiro, igual ou superior a R$ 2 milhões.
  • Itens financiáveis incluem investimentos fixos (obras civis, instalações, aquisição de máquinas e equipamentos nacionais credenciados na linha BNDES Finame), capacitação e treinamento.

Elegibilidade:

  • Proponentes devem ser órgãos ou instituições prestadoras de serviços de saúde do SUS, pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos, sediadas no país.
  • Propostas podem ser submetidas através do site da iniciativa.

Atenção Primária em Saúde (APS):

  • APS é a principal porta de entrada do SUS, focando em atendimento preventivo de doenças e solução de casos médicos de baixa gravidade.
  • Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2023, foram realizados milhões de atendimentos individuais e procedimentos de APS nas regiões Nordeste e Norte.

Matchfunding e Gestão de Recursos:

  • O BNDES apoia a iniciativa através de matchfunding, contribuindo com R$ 10 milhões, duplicando o valor doado pela Umane.
  • O Instituto para o Desenvolvimento Social (IDIS) gerenciará os recursos, além de cuidar da captação e seleção de projetos.

LEIA TAMBÉM:

SUS: Três estados do Nordeste podem zerar fila de cirurgias
Parque Nacional no Nordeste é o segundo mais bonito do mundo, diz pesquisa
Forbes traça Top 7 destinos de ecoturismo no Brasil para visitar em 2024; Nordeste na lista

Carla Reis, chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde do BNDES, enfatizou a importância da parceria público-privada para fortalecer a atenção primária nos municípios carentes.

Thais Junqueira, superintendente-geral da Umane, destacou o compromisso da instituição em reduzir as desigualdades no acesso à saúde. Paula Fabiani, diretora executiva do IDIS, ressaltou a força do matchfunding e a urgência de fortalecer o SUS nas regiões que mais necessitam.

A união de esforços entre BNDES e Umane, gerenciada pelo IDIS, representa um passo crucial para alcançar transformações significativas no fortalecimento do sistema de saúde nas regiões em foco.

 

REDAÇÃO com Agência Brasil

 

 

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Cidade do Nordeste surpreende em ranking de menor desperdício de água

Uma cidade do Nordeste é destaque em ranking dos municípios que menos desperdiçam água. Caruaru, conhecida pelo seu forte apelo cultural e econômico no...