28 / 02 / 2024
InícioCotidiano“Comida de rua” do Nordestes está no novo Top 100 da TasteAtlas

“Comida de rua” do Nordestes está no novo Top 100 da TasteAtlas

No ranking global das 100 melhores comidas de rua do mundo, divulgado pelo TasteAtlas, o arrumadinho se destacou na 48ª colocação. A lista, que reflete as avaliações do público registradas até 29 de novembro de 2023, compilou 57.753 análises, reconhecendo 39.381 como legítimas por meio de mecanismos que filtram classificações de bots, bem como sentimentos nacionalistas e patrióticos locais.

Tradicionalmente o Arrumadinho é servido como aperitivo, o prato é uma combinação organizada de quatro elementos: carne de solou ou charque, vinagrete de verdura cortados em cubos, feijão vede ou macassa e farofa.

- Continua depois da publicidade -

Com origens no Nordeste, especialmente em Pernambuco e na Paraíba, o prato conquistou reconhecimento global ao integrar a seleção das melhores comidas de rua do TasteAtlas.

De acordo com o técnico de qualidade de alimentos da empresa Zini Alimentos, José Luiz Porto, com o advento da intensa migração das pessoas ao redor do mundo, a cultura culinária dos mais diversos povos também se espalhou, popularizando pratos hoje mundialmente conhecidos como os tacos, a pizza, o cachorro-quente, as esfihas, kebabs e, mais recentemente, as famosas coxinhas. “Ela vem aos poucos conquistando apreciadores no mundo inteiro, principalmente por pertencer à categoria de snacks: ou seja, que podem ser preparados com praticidade, rapidez e segurança”, disse.

LEIA TAMBÉM:
A saga de Whindersson para construir um teatro onde nasceu
Nordeste ganha novo Parque Eólico de Gigante Holandesa
Como é o feriado de carnaval nas cidades do Nordeste?

Comidas de rua e a segurança alimentar

De acordo com Porto, nos últimos tempos, houve um aumento significativo na diversidade de opções de comida de rua. No entanto, o que se destaca é o compromisso dos operadores desse segmento em garantir a segurança alimentar, visando oferecer produtos mais seguros e, acima de tudo, manter a fidelidade dos clientes.

“Esse movimento impulsionou a inclusão de matérias-primas mais seguras e práticas na street food. O aumento na demanda por comida de rua levou a indústria a ingressar nesse mercado de forma mais expressiva”, destaca ele, apontando que foi assim que o pão de queijo se popularizou em vários países e agora a coxinha está seguindo o mesmo caminho.

O especialista em alimentos enfatiza que a culinária brasileira sempre se destacou pela sua criatividade tanto em conteúdo quanto em apresentação, exemplificando com a invenção do churrasco e do rodízio de pizza, além das esfirras tradicionais – tanto fechadas quanto abertas – e as opções como o churrasco grego e a comida por quilo. Para ele, a habilidade de reinterpretar receitas internacionais com um toque brasileiro tem conquistado o paladar global.

LEIA TAMBÉM:
Nordeste registra chuvas acima da média e beneficia setores
Cidade do Nordeste se destaca na cena gastronômica mundial
Cidades do Nordeste têm a cesta básica mais barata do Brasil
Estado do Nordeste é o 1º do Brasil em vendas no comércio

Apreenda a Fazer uma Arrumadinho

 

REDAÇÃO

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

 Restaurante ícone no Nordeste, Mangai anuncia abertura de unidade em Fortaleza

O restaurante Mangai anuncia a inauguração de sua primeira unidade, em Fortaleza, no dia 28 de fevereiro. Com alto investimento, o empreendimento promete não...