20 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaFecomércio espera crescimento nas vendas de estados do Nordeste no Dia das...

Fecomércio espera crescimento nas vendas de estados do Nordeste no Dia das Mães

O Dia das Mães em 2024 promete aquecer os corações e os bolsos dos consumidores no Nordeste, com expectativas otimistas de movimentação econômica em comparação ao ano anterior.

O aumento real do salário mínimo e a redução do endividamento das famílias na região ajudam nas vendas

foto reprodução

Na Bahia, a Fecomércio prevê um volume de compras em torno de R$ 5 bilhões, um aumento de 7% em relação a 2023, quando o faturamento permaneceu estável em relação a 2022. Já em Fortaleza, a federação cearense de comércio estima que os filhos gastem cerca de R$ 393 milhões em presentes e no almoço especial. Em Pernambuco, a projeção é de um faturamento de R$ 329 milhões, o melhor resultado desde 2015.

- Continua depois da publicidade -

Diversos fatores contribuem para esse otimismo entre os consumidores nordestinos durante o período. A redução das taxas de juros, juntamente com a diminuição do desemprego na Bahia, Pernambuco e Ceará, são aspectos que impulsionam o aumento do poder de compra. Além disso, o aumento real do salário mínimo e a redução do endividamento das famílias na região, especialmente devido ao programa de renegociação Desenrola Brasil do governo federal, também influenciam positivamente.

LEIA TAMBEM:
Fortaleza recebe evento que visa impulsionar o comércio eletrônico na região
Estados do Nordeste vivem diminuição dos casos de dengue
Mãe e Filha acham o sucesso com restaurante de Cuscuz em SP

Na Bahia, o setor supermercadista é destacado como o de melhor desempenho para a data, com uma projeção de crescimento de 11%, impulsionado pela tradição do almoço em casa no Dia das Mães, mantida por muitas famílias, e pelo abastecimento dos restaurantes.

dia-das-maes-fecomercio-ba- FOTO FECOMERCIO BA
Dia das Maes Guilherme Dietze Fecomercio BA FOTO FECOMERCIO BA

“Os supermercados são beneficiados por dois movimentos nessa data. São procurados pelos consumidores em busca de ingredientes e bebidas para o almoço de domingo, além de atenderem à demanda dos estabelecimentos de alimentação, que precisam abastecer seus estoques para um dia de grande movimentação, com tradicionais filas de espera”, destaca Guilherme Dietze, consultor econômico da Fecomércio-BA.

 

REDAÇÃO com Movimento Econômico

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Lula convoca reunião com governadores do Nordeste

Nesta quinta-feira (20), Fortaleza se torna o palco de um importante encontro político. O presidente Lula, está no Ceará para anunciar investimentos significativos nas...