21 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaGrupo Rio Alto Energias Renováveis deve ampliar investimentos na Paraíba

Grupo Rio Alto Energias Renováveis deve ampliar investimentos na Paraíba

A Diretoria Colegiada da Sudene aprovou a solicitação preliminar apresentada pelo Grupo Rio Alto Energias Renováveis para o financiamento de quatro empreendimentos de geração de energia solar fotovoltaica localizados em Santa Luzia, município da Paraíba. O pedido de financiamento, proveniente do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), alcança o montante de R$ 400 milhões.

No total, o grupo pretende investir mais de R$ 668 milhões nesses projetos

Danilo Cabral, superintendente da Sudene, destacou a importância de incentivar a transição energética como uma medida fundamental para a sustentabilidade não só do Nordeste, mas de todo o Brasil. Ele ressaltou que a região possui um grande potencial nesse campo, e as empresas que atuam nesse mercado veem a Sudene como uma parceira estratégica para concretizar novos empreendimentos.

- Continua depois da publicidade -
Usinas solares em Coremas Foto Reprodução Rio Alto
Usinas solares em Coremas Foto Reprodução Rio Alto

Os projetos denominados Rio Alto XVIII, XIX, XX e XXI somam uma capacidade prevista de 200 MW e fazem parte do Complexo Solar Santa Luzia, composto por 21 parques solares. Durante a fase de implantação desses empreendimentos, serão criados 1.350 empregos diretos e indiretos.

O grupo responsável pelos projetos informou também que está desenvolvendo ações sociais e ambientais associadas, como a distribuição de materiais educativos para escolas locais, doação de insumos e materiais recicláveis para famílias da zona rural, e oferta de cursos na área socioambiental.

LEIA TAMBÉM:
Cidades do Nordeste têm os aluguéis mais valorizados do país
Ranking revela quais os estados mais seguros do Nordeste
Plano de Desenvolvimento do Nordeste prioriza geração de emprego
Remédio que você usa pode ter imposto zerado; saiba mais

Este é o primeiro passo no processo de concessão do financiamento pela Sudene. Agora, a empresa precisa apresentar o projeto a uma instituição financeira credenciada para operar os recursos do FDNE, que será responsável pela análise técnica, econômica, financeira e de risco. Se aprovado pelo banco, o projeto retornará para apreciação da superintendência, onde a diretoria colegiada decidirá sobre a autorização do financiamento.

Heitor Freire, diretor de Gestão de Fundos e Incentivos da Sudene, destacou que o Fundo de Desenvolvimento do Nordeste tem despertado interesse crescente entre os investidores que buscam estabelecer suas empresas na área de atuação da Sudene. Ele atribui esse resultado ao esforço contínuo de ampliar a divulgação e a disponibilidade dos recursos, aproximando cada vez mais os empreendedores da região.

LEIA TAMBÉM:
– Cuscuz nordestino é opção barata e eficaz para emagrecer
Ceará foi a China em busca da “sua” fábrica de automóveis
Seis estados do Nordeste registram diminuição radical da seca

As condições de financiamento do FDNE podem ser consultadas no site da Sudene. Os recursos desse fundo regional podem cobrir até 80% do investimento total do projeto, dependendo do setor econômico e da localização do empreendimento, com prazos de quitação de até 20 anos.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Centro Histórico de Salvador têm programação de São João

Os festejos juninos no Centro Histórico da capital baiana 2024 reúnem uma programação variada com diversas atrações na Praça da Cruz Caída e Santo...