05 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEsportesNordestina é campeã mundial de boxe e favorita ao ouro olímpico

Nordestina é campeã mundial de boxe e favorita ao ouro olímpico

Em uma jornada espetacular que transita entre o boxe olímpico e profissional, a baiana Bia Ferreira conquistou o cinturão da Federação Internacional de Boxe (IBF) ao derrotar a argentina Yanina Del Carmen Lescano. Com isso, a nordestina vira a favorita ao ouro olímpico.

O combate, que aconteceu em Liverpool, foi interrompido no sexto round devido ao excesso de sangramento da adversária, consolidando a vitória de Ferreira.

- Continua depois da publicidade -

Uma Campeã Versátil

Bia Ferreira, já consagrada no boxe olímpico com dois títulos mundiais, agora dá seus primeiros passos firmes no boxe profissional com o mesmo brilho. Sua performance neste sábado não foi apenas uma vitória no ringue, mas um marco que estabelece seu ambicioso objetivo para 2024: ser campeã mundial no boxe profissional e conquistar uma medalha olímpica no mesmo ano.

A Luta por Excelência

A luta começou com um primeiro round mais estudado, onde Lescano teve um desempenho levemente superior. No entanto, após instruções incisivas de seu técnico, Mateus Alves, Bia retornou aos rounds seguintes com uma estratégia aprimorada, focando golpes abaixo da linha da cintura e melhorando sua defesa.

Conforme a luta avançava, Ferreira foi se impondo cada vez mais, dominando o centro do ringue e aplicando combinações poderosas que culminaram no supercílio sangrando de Lescano no quinto round. No sexto round, a intensidade dos ataques de Bia paralisou a luta. Diante do estado da argentina, o juiz decidiu pelo encerramento, consagrando a brasileira como campeã mundial.

Próximos Passos de uma Campeã

Apesar de ter alcançado um grande feito, Bia Ferreira foi crítica com sua própria performance nos primeiros rounds e prometeu uma exibição ainda melhor em suas próximas lutas. Com os Jogos Olímpicos de Paris-2024 no horizonte, Bia segue como favorita ao ouro na categoria até 60 kg, onde buscará fazer história no esporte.

Em suas próprias palavras após a vitória: “Eu estava muito focada no cinturão. Brasil, representei. Estou levando para casa mais um título mundial. Obrigado pela força e pela energia. Missão dada é missão cumprida. Com certeza é o primeiro de muitos!”.

A conquista do cinturão mundial não é apenas uma vitória pessoal, mas também um orgulho para o esporte brasileiro. À medida que ela se prepara para os desafios olímpicos que estão por vir, o mundo estará assistindo. E assim esperando mais momentos de glória de uma das maiores boxeadoras da atualidade.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Conheça a startup nordestina que ajuda a realizar cirurgias

A startup maranhense Syn Saúde está revolucionando o acesso a cirurgias eletivas no Brasil. Fundada em 2021 por Ana Lemos e Dener Zandonadi, a empresa atua como uma facilitadora, conectando hospitais,...