20 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaPetrobahia, Bahiagás e GNLink vão ampliar a rede expansão de...

Petrobahia, Bahiagás e GNLink vão ampliar a rede expansão de gás natural na Bahia

Na última quarta, foi celebrado um acordo para ampliar o fornecimento de gás natural na Bahia. Com uma duração de dez anos e um valor de R$ 214 milhões, o contrato envolve a Petrobahia, a Bahiagás e a distribuidora GNLink. Juntas, elas vão construir e operar uma instalação para processamento e distribuição de Gás Natural Liquefeito (GNL) e Gás Natural Comprimido (GNC) em Itabuna, no Sul da Bahia, atendendo aos setores industrial e automotivo, com foco nas regiões sul, extremo sul e sudoeste do estado. A assinatura do documento ocorreu no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com a presença do governador Jerônimo Rodrigues.

A distribuidora de gás natural GNLink adquirirá o gás da Bahiagás e ficará responsável pela operação. A Petrobahia expandirá sua rede de postos de Gás Natural Veicular em toda a Bahia. Este contrato possibilitará a expansão do gás natural em municípios que atualmente não são atendidos por gasodutos, como Vitória da Conquista e Juazeiro. O investimento total será de aproximadamente R$ 155,9 milhões, com R$ 125 milhões da GNLink, R$ 30 milhões da Petrobahia e R$ 900 mil da Bahiagás.

- Continua depois da publicidade -

O governador destaca que esta iniciativa representa mais uma oportunidade de promover o desenvolvimento econômico em diversas regiões do estado, gerando empregos e atraindo empresas e indústrias para a Bahia.

“Nós temos potencial forte na região metropolitana de Salvador, no polo de Camaçari, no polo de Feira de Santana. Mas vamos, também, falar do oeste, do norte, do extremo sul, do sudoeste, da Chapara Diamantina. Então, queremos chegar com essa oferta de gás. Ofereceremos a vocês um calendário, agora já é concreto. A partir do ano que vem, a gente já terá essa unidade distribuindo gás no interior do estado”

Essa parceria é crucial para a Bahiagás, pois possibilita a comercialização de gás em áreas não servidas por gasodutos e contribui para a interiorização. Atualmente, a empresa atende mais de 75 mil clientes em 22 municípios e é a maior concessionária pública de gás natural do Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Conheça a história da cidade no Nordeste que mudou de nome para Nossa Senhora Aparecida
Prefeito nordestino tem candidatura cobiçada em outro estado
O que só as crianças do Nordeste sabem

O projeto também terá um impacto econômico significativo, gerando 50 empregos diretos com a operação da GNLink. Para Marcelo Rodrigues, CEO da empresa, a parceria é um marco para o desenvolvimento da Bahia: “estamos comprometidos em proporcionar oportunidades de emprego e crescimento econômico. A operação em Itabuna é apenas o começo de um projeto ambicioso para fornecer energia limpa e acessível a todo o estado”.

Luiz Gavazza, presidente da Bahiagás, destaca a importância do contrato na expansão da oferta de gás natural em diferentes regiões: “a iniciativa representa um marco importante, antecipando o fornecimento de gás natural em regiões fora da malha dutoviária e abrindo caminho para a oferta deste produto em todo o interior da Bahia. Além disso, este projeto será o primeiro de liquefação de gás natural proveniente de gasoduto no Nordeste”.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Projeto vai preservar manuscritos de José Américo de Almeida

Documentos manuscritos do renomado escritor e ex-ministro José Américo de Almeida estão sendo digitalizados por uma equipe de pesquisadores da Fundação Casa de José...