21 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaProjeto Porto - Indústria Verde do RN é apresentado a investidores

Projeto Porto – Indústria Verde do RN é apresentado a investidores

Empreendimento em Caiçara do Norte investirá em geração de renda, infraestrutura regional, uso dos recursos naturais e redução das emissões de carbono

Na manhã desta quarta-feira (07), a governadora Fátima Bezerra conduziu uma reunião com representantes da Terminal Investment Limited (TIL), Sebrae, Fiern e órgãos federais para discutir o projeto do Porto – Indústria Verde, destinado ao município de Caiçara do Norte. O objetivo é atender às demandas de energia renovável, gerar renda, promover o desenvolvimento da infraestrutura regional, otimizar o uso dos recursos naturais e reduzir as emissões de carbono.

- Continua depois da publicidade -

Orçado em R$ 5,6 bilhões, o Porto Verde despertou o interesse tanto de investidores nacionais quanto estrangeiros, que poderão contribuir para a economia do Rio Grande do Norte.

Durante a reunião, o Coordenador de Desenvolvimento Energético da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Hugo Fonseca, apresentou aos presentes os detalhes técnicos e o cronograma do projeto.

Visita à área

No período da manhã, acompanhados pela governadora Fátima Bezerra e representantes dos municípios de Caiçara do Norte e São Bento do Norte, a comitiva realizou uma visita à área de 13 mil hectares selecionada para a construção do porto.

A governadora enfatizou a importância do projeto tanto para o Brasil quanto para o mundo, especialmente considerando a agenda global de descarbonização do planeta. Ela destacou que o empreendimento criará cerca de 50 mil novos empregos no Rio Grande do Norte e proporcionará infraestrutura para a produção e exportação de produtos sustentáveis, como hidrogênio verde e amônia verde, além da instalação de parques eólicos offshore na costa.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, ressaltou o caráter pioneiro do projeto no cenário nacional da energia eólica. Ele afirmou que o porto será o primeiro do Brasil voltado para energia offshore, consolidando ainda mais o estado como líder na geração desse tipo de energia.

LEIA TAMBÉM:
Nordeste registra chuvas acima da média e beneficia setores
Cidade do Nordeste se destaca na cena gastronômica mundial
Cidades do Nordeste têm a cesta básica mais barata do Brasil
Estado do Nordeste é o 1º do Brasil em vendas no comércio

PPP – Parceria Público Privada

O interesse do governo do RN é, por meio de PPP – Parceria Público Privada – atrair investimentos para construção, operação e manutenção do equipamento, desenvolvimento da planta de hidrogênio verde, além de parcerias com outros portos da Europa.

Foram firmados dez acordos de cooperação e memorandos de entendimento com as principais empresas do setor energético do mundo com objetivo de desenvolver novas fontes de energias renováveis, entre elas a energia eólica offshore, o hidrogênio verde, e-metanol e power to X.

A primeira fase de implantação do Porto Verde, referente aos estudos de viabilidade Técnica econômica e ambiental, realizada em parceria com a UFRN, sob a coordenação do professor Mário Gonzales, já foi concluída. A próxima etapa prevê a o lançamento do edital para a contratação do projeto executivo do empreendimento.

A meta da administração estadual é concluir a primeira etapa da implantação do projeto até o final do terceiro trimestre de 2026 (cais, acessos, píer, baia de evolução e canal de acesso) para o suporte aos setores eólico, marítimo, contêineres, cloroquímico, descomissionamento de plataformas O&G (Óleo e Gás) e reciclagem e processamento de pescados.

Investidores

A visita mostrou aos executivos da empresa Terminal Investment Limited os potenciais econômicos previstos para o empreendimento. A corporação suíça investe, desenvolve e gerencia ativamente terminais de contêineres em todo o mundo, frequentemente em parcerias com outros grandes operadores de terminais.

“O Porto – Indústria Verde irá transformar o Bolsa Família. Devemos reduzir cada vez mais o auxílio criando condições plenas de emprego e renda para que as famílias se sustentem. Este é um dos exemplos”, afirma o diretor de Investimentos em Terminais da ITL.
A direção nacional do Sebrae foi apresentada ao projeto e enfatizou o papel fundamental desempenhado pela governadora Fátima Bezerra para a criação do porto. “Estamos aqui pois acreditamos na liderança, credibilidade de uma governante que colocou ordem na casa. Viemos aqui para apoiar esta grande ação”, enfatizou Décio Lima, presidente nacional do Sebrae.

 

REDAÇÃO com Assessoria

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Centro Histórico de Salvador têm programação de São João

Os festejos juninos no Centro Histórico da capital baiana 2024 reúnem uma programação variada com diversas atrações na Praça da Cruz Caída e Santo...