03 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEntretenimentoQuem é o indígena nordestino sucesso mundial nas passarelas?

Quem é o indígena nordestino sucesso mundial nas passarelas?

No universo da moda, onde a diversidade muitas vezes é sub-representada, um jovem modelo indígena nordestino está conquistando as passarelas internacionais e levando consigo não apenas beleza, mas também a riqueza cultural de seu povo Pataxó.

Conheça Noah Alef, um talento de 23 anos que está transformando sua herança em uma carreira brilhante.

- Continua depois da publicidade -

Da Bahia para o Mundo: A Ascensão de Noah Alef

Natural de Jequié, interior da Bahia, Noah não seguiu o caminho tradicional para o mundo da moda. Antes de se tornar um rosto conhecido nas passarelas, ele trabalhava como empacotador, realizando também pequenos trabalhos como ajudante de pintor. Sua jornada é uma prova de que a moda pode ser uma plataforma poderosa para dar voz a comunidades nem sempre representadas.

“Quando comecei, não tinha em quem me inspirar. Nós indígenas precisamos ocupar todos os espaços possíveis, representando a beleza originária. Temos que falar por nós mesmos. O indígena precisa ser protagonista da própria voz”, destaca Noah, mostrando seu compromisso com a representatividade e a valorização de suas origens.

Militância e Orgulho das Origens

Além de brilhar nas passarelas, Noah é um ativista e defensor da causa indígena. Ele enfatiza a importância de representar seu povo em um país tão diversificado como o Brasil, onde os povos originários muitas vezes não são adequadamente representados.

LEIA TAMBÉM:
Qual o melhor time do Nordeste na era dos pontos corridos?
Halo Solar: três cidades do Nordeste registram raro fenômeno
Nordestina está entre as 25 mulheres mais poderosas do mundo

“Em um País diverso como o nosso, onde seu povo originário não é bem representado, é importante mostrar onde estou inserido”, ressalta o modelo, destacando a relevância de sua presença no cenário da moda internacional.

Destaques em Milão e Além

Noah Alef ganhou destaque internacional ao estrear nas passarelas da Semana de Moda Masculina de Milão em 2022, desfilando para marcas de renome como DSquared2 e Empório Armani. O sucesso foi tão expressivo que ele foi novamente convidado a participar do desfile da Emporio Armani em 2023, consolidando seu lugar no competitivo mundo da moda.

Militância Constante: Noah Alef e a Questão Indígena

Mesmo com uma agenda repleta de compromissos no mundo da moda, Noah não deixa sua militância de lado. Durante a votação da PL 490, conhecida como Marco Temporal, que afeta diretamente os direitos territoriais indígenas, o modelo se manifestou criticando o projeto e chamando a atenção para as ameaças que ele representa.

LEIA TAMBÉM:
Cidade do Nordeste registra a maior temperatura do Brasil no fim de semana
João Pessoa está no pódio do Prêmio Melhores Destinos do Brasil
Como o presidente da França ajudou Lula a se aproximar de governadora do Nordeste

“As medidas têm o objetivo de inviabilizar as demarcações dos territórios tradicionais, previstas na Constituição Federal, e negar o direito originário pela terra”

, alerta Noah, destacando a importância de engajamento contra essa pauta.

Noah Alef não é apenas um rosto bonito na passarela; ele é um agente de mudanças, usando sua plataforma para amplificar não apenas a beleza, mas também as lutas e conquistas da comunidade Pataxó e de todos os povos indígenas do Brasil. Sua jornada é inspiradora e promissora, representando um novo capítulo na narrativa da moda global.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Capital no Nordeste lança plano para ter 700 km de ciclovias

Uma capital no Nordeste deu um grande passo em direção a uma mobilidade mais sustentável e inclusiva. Isso porque o prefeito de Salvador, Bruno...