19 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioCotidianoA Pedra do Reino: Mistério no Sertão inspirou Ariano Suassuna

A Pedra do Reino: Mistério no Sertão inspirou Ariano Suassuna

Na Serra do Catolé, em São José do Belmonte, no Sertão Pernambucano, ergue-se um lugar mágico e enigmático: a Pedra do Reino. Suas formações rochosas, imponentes e majestosas, medem 30 e 33 metros de altura. Mas essa não é apenas uma paisagem natural; é um cenário que guarda segredos e inspirou uma das obras mais marcantes da literatura brasileira.

A Pedra do Reino e o escritor Ariano Suassuna

No local, duas formações rochosas medem, respectivamente, 30 e 33 metros de altura cada(Foto: Divulgação/ Blog Associação Cultural Pedra do Reino
No local, duas formações rochosas medem, respectivamente, 30 e 33 metros de altura cada
(Foto: Divulgação/ Blog Associação Cultural Pedra do Reino

A princípio, em 1938, a Pedra do Reino foi palco de um movimento sebastianista liderado pelo autoproclamado rei João Antônio dos Santos. Esse episódio, envolto em mistério e crenças populares, inspirou o escritor Ariano Suassuna a criar uma narrativa única. Em 1971, Suassuna publicou o “Romance d’A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta”, uma obra que mescla realidade e fantasia. Dessa forma, trazendo à vida personagens e eventos desse lugar singular.

- Continua depois da publicidade -
Livro de Ariano sobre a Pedra do Reino
Livro de Ariano sobre a Pedra do Reino foto reprodução

Mistério tem origem africana

O romance nos transporta para o século 19, quando o rei Dom Sebastião de Portugal desapareceu misteriosamente na batalha de Alcácer-Quibir, no Marrocos. Contudo, a crença popular dizia que ele havia sido encantado e retornaria para trazer paz e prosperidade ao seu povo. Desse modo, João Antônio dos Santos, influenciado por essa lenda, sonhou com o rei encantado entre as duas rochas da Pedra do Reino.

LEIA TAMBÉM:
Moda no Nordeste tem inovação, é sustentável e gera bilhões
Conheça cidades do Nordeste que já tiveram tremores de terra
Estado do Nordeste terá a menor taxa de juros do Brasil
Ceará é o 1º estado do Nordeste em Sustentabilidade Ambiental

Ariano usa o sagrado e profano na obra

Ariano Suassuna, com sua genialidade, transformou essa história em literatura, entrelaçando o sagrado e o profano. As esculturas de santos e personagens do episódio sebastianista, dispostas em círculo ao ar livre, são testemunhas dessa fusão. A Pedra do Reino também ganhou vida na minissérie da TV Globo.

No coração de São José do Belmonte, na Praça Pires Ribeiro, encontramos o Memorial da Pedra do Reino. Ao mesmo tempo, um acervo preserva livros, quadros, documentos e registros fotográficos desse movimento histórico. Anualmente, a “Cavalgada à Pedra do Reino” reúne cavaleiros da região para abençoar o trajeto até a Serra do Catolé, seguindo os passos da lenda.

LEIA TAMBÉM:
Cidades do Nordeste ganharão novos voos para a Europa
FNE: Governo injetará R$ 36,6 bilhões em estados do Nordeste
Descubra cinco destinos do Nordeste além das praias
Conheça o local do Nordeste que é a bola da vez da mineração

Em suma, Ariano Suassuna, que também recebeu o título de cidadão belmontense, deixou um legado inestimável para São José do Belmonte. Dessa forma, sua visão transformou a Pedra do Reino em um santuário literário e cultural, onde as histórias se entrelaçam com a imponência das rochas e a magia do sertão.

Assista ao Documentário

 

REDAÇÃO

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Projeto vai preservar manuscritos de José Américo de Almeida

Documentos manuscritos do renomado escritor e ex-ministro José Américo de Almeida estão sendo digitalizados por uma equipe de pesquisadores da Fundação Casa de José...