12 / 05 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioAcontece no NordesteCapital no Nordeste dá exemplo e só terá sacolas recicláveis

Capital no Nordeste dá exemplo e só terá sacolas recicláveis

Uma capital no Nordeste está tomando medidas ousadas para preservar o meio ambiente e reduzir os danos causados pelos resíduos plásticos. A partir deste domingo, 12 de maio, Salvador proíbe a utilização de sacos e sacolas plásticas não recicláveis em todos os estabelecimentos comerciais.

A medida é faz parte da Lei Municipal 9.699/2023, uma iniciativa proposta pelo presidente da Câmara da cidade, Carlos Muniz (PSDB).

- Continua depois da publicidade -

De acordo com o artigo 2º da lei, torna-se obrigatória a utilização de sacos e sacolas plásticas recicláveis ou reutilizáveis, seguindo as especificações da Norma Técnica NBR nº 14.937 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Isso significa que os estabelecimentos comerciais devem substituir as antigas embalagens por alternativas sustentáveis.

Em busca de outras opções

O artigo 4º da lei estabelece que os comerciantes podem oferecer aos clientes outras opções, como sacolas de papel. Contudo, o artigo 5º autoriza o Poder Executivo Municipal a criar programas especiais de orientação e conscientização. Ao mesmo tempo, o objetivo é alertar sobre a importância de utilizar materiais recicláveis para reduzir a poluição e a contaminação do ecossistema.

LEIA TAMBEM:
Fortaleza recebe evento que visa impulsionar o comércio eletrônico na região
Estados do Nordeste vivem diminuição dos casos de dengue
Mãe e Filha acham o sucesso com restaurante de Cuscuz em SP

Essa medida não apenas visa a preservação ambiental, mas também representa um passo importante para a sustentabilidade em uma das maiores cidades do país. Como destacou Muniz: “Uma sacola biodegradável se decompõe em 18 semanas, enquanto uma plástica comum pode levar até 300 anos”. É evidente que a proibição das sacolas plásticas não recicláveis é um avanço significativo na luta contra a poluição e na promoção de um ambiente mais limpo e saudável para todos os habitantes de Salvador.

Lei 9.699/2023
Autor  Vereador Carlos Muniz (PSDB)
Artigo 2º Utilização obrigatória de sacos e sacolas plásticas recicláveis ou reutilizáveis, seguindo as especificações da Norma Técnica NBR nº 14.937 da ABNT
Artigo 4º Comerciantes podem oferecer aos clientes outras opções, como sacolas de papel
Artigo 5º Autorização para o Poder Executivo Municipal criar programas especiais de orientação e conscientização sobre a importância de utilizar materiais recicláveis para reduzir a poluição e a contaminação do ecossistema

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Time do Nordeste segue 100% na Série B

O Sport manteve sua excelente fase na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Brusque por 4 a 1 na noite deste sábado...