20 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaCidades do Nordeste podem ter alívio financeiro com inovação

Cidades do Nordeste podem ter alívio financeiro com inovação

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Alexandre Padilha, anunciou nesta quarta-feira (28) uma iniciativa do governo que pode trazer benefícios significativos e alívio financeiro para várias cidades do Nordeste. Em meio a um processo de negociação envolvendo sua pasta, o Ministério da Fazenda e as associações que representam as prefeituras, está em discussão uma inovação com a possibilidade de redução da contribuição previdenciária sobre a folha de pagamentos para os municípios mais pobres da região.

De acordo com Padilha, a proposta visa criar incentivos tributários direcionados aos municípios mais pobres. E que apresentam uma receita corrente líquida per capita mais baixa. A intenção é promover uma medida mais justa e adequada às realidades econômicas dessas localidades. Desse modo, levando em consideração suas dificuldades e necessidades específicas.

- Continua depois da publicidade -

O processo de elaboração da proposta é conjunto e conta, ao mesmo tempo, com o Conselho da Federação, sob coordenação do Ministério da Fazenda. A proposta será apresentada ao Congresso Nacional para discussão e eventual aprovação. O objetivo é construir uma solução que seja eficaz e equitativa para os municípios mais necessitados da região Nordeste e restante do Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Ranking mundial aponta as melhores universidade do Nordeste
Estados do Nordeste se destacam em Ranking de equilíbrio fiscal
Nordeste é a região do Brasil que mais aumentou policiais; saiba mais
Descubra o Morro do Chapéu, um paraíso no Nordeste

Tramite da matéria

Atualmente, os municípios pagam uma alíquota de 20% de contribuição previdenciária. Contudo, com a redução dessa alíquota para 8% em cidades com até 142 mil habitantes, aprovada pelo Congresso Nacional no ano passado, acabou sendo revertida com a edição da MP 1202 pelo governo. Essa medida, que também tratava da reoneração previdenciária de 17 setores econômicos, foi revogada recentemente após acordo com líderes do Congresso Nacional.

A discussão sobre a reoneração das empresas agora segue sob a forma de projeto de lei. E com urgência constitucional. A aprovação tem que ocorrer antes de entrar em vigor. Enquanto isso, as negociações para a redução da contribuição previdenciária dos municípios mais pobres do Nordeste continuam avançando. Dessa forma, visa proporcionar um ambiente mais favorável ao desenvolvimento econômico e social dessas localidades.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Brasil já teve duas Paraíbas e uma era fora do Nordeste

Quando pensamos na Paraíba, a maioria de nós automaticamente se refere ao estado nordestino com suas praias deslumbrantes e rica cultura. Mas, você sabia...