21 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioCotidianoDrone criado no Nordeste pode ser usado no Espaço

Drone criado no Nordeste pode ser usado no Espaço

Um grupo de inventores composto por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) desenvolveu um drone com um diferencial significativo: sua tecnologia híbrida para geração de energia. Essa inovação possibilita sua utilização em longas distâncias, inclusive como um meio de locomoção até o planeta Marte.

O drone apresenta uma capacidade autônoma única. Desse modo combina características de uma asa voadora e um multirrotor em um único conjunto motopropulsor coaxial. Assim, o dispositivo pode operar alternadamente como um avião ou seguir a lógica de um helicóptero. Ao mesmo tempo, utilizando o mesmo conjunto de motores durante o voo.

- Continua depois da publicidade -

Alysson Nascimento de Lucena, pós-doutorando no Programa de Pós-graduação de Engenharia Eletrônica e Computação no ITA, destaca que as características mencionadas conferem ao equipamento, tecnicamente classificado como Veículo Aéreo Não Tripulado Híbrido (Vant):

Quais as características do drone de tecnologia híbrida?

• a habilidade de decolagem e pouso vertical por meio do multirrotor,
• além de possibilitar o deslocamento em grandes distâncias com voo horizontal sustentado pela asa.

Ele ressalta que, além dessas características, o projeto incorpora uma tecnologia híbrida para a geração de energia. Essa tecnologia pode ser alimentada tanto por células fotovoltaicas que cobrem a superfície superior da asa quanto pelo conjunto motopropulsor, também híbrido, capaz de gerar empuxo durante o voo ou produzir energia quando em repouso.

O controle de passo das hélices de cada motor confere a capacidade ao conjunto motopropulsor de gerar energia, conforme explica o pesquisador. Esse comando permite, quando a aeronave está em repouso, posicionar uma pá perpendicular à direção do vento, enquanto a pá oposta permanece paralela, maximizando a eficiência na geração de energia eólica.

“Esse Vant nos coloca em uma nova categoria de aplicação, a de longas distâncias por vários dias, devido a essa capacidade de recarregar a matriz energética. O tempo de operação está condicionado à vida útil da bateria e ela pode ser eficiente por anos. Essa característica nos possibilita operar em outros planetas, como Marte, bastando existir a oferta de ventos ou raios solares”, frisa Alysson Lucena.

LEIA TAMBÉM:
SUS: Três estados do Nordeste podem zerar fila de cirurgias
Parque Nacional no Nordeste é o segundo mais bonito do mundo, diz pesquisa
Forbes traça Top 7 destinos de ecoturismo no Brasil para visitar em 2024; Nordeste na lista

Drone funciona como avião e helicóptero

Luiz Marcos Garcia Gonçalves, orientador do projeto desde seu início e anteriormente vinculado aos programas de Pós-graduação em Engenharia Elétrica e de Computação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), explica que os dispositivos destinados a outros planetas geralmente dependem exclusivamente da geração de energia por meio de células fotovoltaicas. No entanto, esse método enfrenta o desafio do acúmulo de poeira, o que resulta na diminuição da eficiência ao longo do tempo.

Ele destaca exemplos ilustrativos, como a situação enfrentada pela Nasa em 2021, quando a sonda InSight deixou de receber energia necessária devido à acumulação de poeira nos painéis fotovoltaicos. Recentemente, outra circunstância similar ocorreu quando o Vant Ingenuity perdeu contato com a base na Terra devido ao mesmo problema.

O professor do Departamento de Engenharia de Computação e Automação destaca que a tecnologia desenvolvida possibilita o recarregamento por meio de células fotovoltaicas e energia eólica durante os períodos em que a aeronave está em repouso, prevenindo falhas na missão devido à falta de energia. Além disso, durante o voo vertical, o fluxo de ar incidente nos painéis fotovoltaicos que cobrem a asa atua efetivamente como uma “faxina” na poeira.

LEIA MAIS:
Cidade do Ceará formaliza construção da fábrica de carro voador
Carro voador fabricado no Nordeste já tem preço definido

Trabalho conjunto

O desenvolvimento da tecnologia contou também com as contribuições intelectuais de Neusa Maria Franco de Oliveira e Raimundo Carlos Silvério Freire Júnior. O depósito do pedido de patente, registrado em dezembro, recebeu a denominação de “Veículo aéreo não tripulado com sustentação híbrida e conjunto motopropulsor híbrido com hélice de passo variado para operação em atmosfera terrestre e não terrestre”.

Atualmente, a tecnologia encontra-se na fase de elaboração do primeiro protótipo, mais precisamente no desenvolvimento do conjunto motopropulsor, que requer usinagem de alta precisão para evitar folgas e vibrações. Concomitantemente, os inventores estão concentrados no sistema autônomo de controle da aeronave, considerados os dois aspectos mais complexos do projeto. Uma vez superadas essas etapas, os ensaios de voo serão realizados.

LEIA TAMBÉM:
Nordeste tem alerta de chuvas em 417 cidades de oito estados
Nordeste tem um dos destinos mais buscados por latinos
Neurocientista Nordestina é destaque da Revista Forbes

“Os conhecimentos que estão sendo adquiridos no desenvolvimento do Vant híbrido no pós-doutorado em que estou agora serão muito importantes para a aeronave entrar em operação. Outro projeto em desenvolvimento com potencial de inovação é um Vant com asas de geometria variável”, destaca Alysson Lucena. O pós-doutorado citado é feito sob orientação da professora Neusa Franco. A princípio, é fruto de uma chamada pública da Agência Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

 

 

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Lula convoca reunião com governadores do Nordeste

Nesta quinta-feira (20), Fortaleza se torna o palco de um importante encontro político. O presidente Lula, está no Ceará para anunciar investimentos significativos nas...