28 / 02 / 2024
InícioCotidianoEscola pública do Nordeste ganha prêmio de melhor do mundo

Escola pública do Nordeste ganha prêmio de melhor do mundo

Uma escola pública do Nordeste venceu o prêmio internacional Melhores Escolas do Mundo 2023. A Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (MTI) Joaquim Bastos Gonçalves, situada Carnaubal (CE), foi agraciada na categoria “Apoiando Vidas Saudáveis”.

O Prêmio Melhores Escolas do Mundo foi criado no ano passado pela plataforma britânica T4 Education, com apoio de quatro instituições: Fundação Lemann, Accenture, American Express e Yayasan Hasanah. O objetivo é reconhecer e celebrar as escolas que estão fazendo a diferença na vida de seus alunos e de suas comunidades, especialmente diante dos desafios impostos pela pandemia de covid-19.

- Continua depois da publicidade -

É a primeira vez que escolas públicas brasileiras estão entre as vencedoras. Instituições de ensino de outros quatro países foram agraciadas. São elas: Institución Educativa Municipal Montessori (Colômbia), na categoria Ação Ambiental; a Riverside School (Índia), na categoria Inovação; a Max Rayne Hand in Hand Jerusalem School (Israel), na categoria Superação de Adversidades; e a Spark Soweto (África do Sul), na categoria Colaboração Comunitária.

Um projeto que salvou vidas

A EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves criou em setembro de 2021 o projeto Adote um Aluno ao perceber que muitos de seus alunos estavam ansiosos e deprimidos com a reabertura da sociedade após o fim das medidas de isolamento social implementadas em decorrência da pandemia de covid-19. Na própria escola, houve registro de estudantes diagnosticados com problemas emocionais graves, incluindo automutilação. O projeto consistiu em formar uma rede de apoio entre os alunos, os professores, os funcionários e os pais, para que todos pudessem se acolher e se ajudar mutuamente.

O projeto permitiu a identificação desses casos e a assistência psicológica. Os pais também foram envolvidos na iniciativa, recebendo orientações e participando de oficinas sobre saúde mental. Em 18 meses, o número de atendidos pelo projeto caiu 67% e os beneficiados ao longo desse período relataram melhorias em sua autoestima e em seu bem-estar. Atualmente, menos de 10 estudantes ainda são atendidos. Além de melhorar a vida dos alunos, a iniciativa também aumentou a sensibilidade da comunidade escolar para a importância da saúde mental.

LEIA TAMBÉM:
Empresa amplia linhas pelo Nordeste com passagens a R$ 9,99
Ranking elege melhores cidades do Nordeste para envelhecer

O prêmio concedido à EEMTI Joaquim Bastos Gonçalves levou em conta suas ações para proporcionar a reintegração dos alunos à sociedade desde a pandemia da covid-19. Sua escolha se deu por meio de um júri especializado, composto por educadores, pesquisadores e líderes de organizações ligadas à educação. Ela desbancou as outras duas finalistas da categoria Apoiando Vidas Saudáveis: a IMG Academy (EUA) e a Cardiff Sixth Form College (Reino Unido). A escola receberá um prêmio de US$ 50 mil, que será usado para investir em melhorias na infraestrutura e na formação dos profissionais.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

 Restaurante ícone no Nordeste, Mangai anuncia abertura de unidade em Fortaleza

O restaurante Mangai anuncia a inauguração de sua primeira unidade, em Fortaleza, no dia 28 de fevereiro. Com alto investimento, o empreendimento promete não...