04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaEstado do Nordeste fica com conta de luz mais barata

Estado do Nordeste fica com conta de luz mais barata

A partir desta segunda-feira (22), os moradores de um estado do Nordeste podem comemorar uma redução significativa nas suas contas de luz. A nova decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) deixou fatura de energia elétrica mais em conta no Ceará. Isto porque foi aprovada uma diminuição média de 2,81% nas tarifas. Desse modo, proporcionando um alívio financeiro para cerca de 4 milhões de unidades consumidoras no estado.

Especificamente para os consumidores residenciais, a redução é ainda mais expressiva, chegando a 3,10%. Isso significa que, após a revisão anual das tarifas vinculadas ao aniversário do contrato com a distribuidora Enel Ceará, famílias poderão notar uma diminuição notável no valor das suas faturas de energia.

- Continua depois da publicidade -

A redução tarifária também se estende a outros grupos. Para clientes de baixa tensão, que inclui áreas rurais, comércio, serviços, poder público e iluminação pública, a queda é de aproximadamente 3,03%. Já os grandes consumidores, como as indústrias que operam em alta tensão, verão uma redução de 2,10% nas suas contas.

Entendendo os Motivos da Redução

Esta agradável notícia vem como resultado de uma combinação de fatores. Primeiramente, houve um declínio significativo nos custos de aquisição de energia, que caíram 8,27%, e uma redução de 2,41% nos custos de distribuição. Além disso, a variação negativa do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que foi de -4,63% nos últimos 12 meses, também contribuiu para a possibilidade de reduzir as tarifas.

LEIA TAMBÉM:
Dois estados do Nordeste no Top 10 de residências equipadas com energia solar no Brasil
Rendeira de Monteiro PB conquista prêmio internacional de Artesanato
Maceió recebe prêmio Top Destino Brasil

Impacto Financeiro e Perspectivas Futuras

Em uma conta típica de energia de R$ 100, apenas R$ 29,30 são destinados à Enel Distribuição Ceará para cobrir a operação, expansão, manutenção da rede de energia e remuneração dos investimentos. O restante dos custos não é gerenciado pela distribuidora e inclui gastos com geração, transmissão de energia e encargos federais.

Adicionalmente, há perspectivas de que as tarifas possam reduzir ainda mais ao longo do ano. Uma recente medida provisória, publicada no Diário Oficial da União, visa promover a geração de energia elétrica limpa e mitigar futuros aumentos tarifários. Esta medida ainda passará por regulamentação. Contudo, já sinaliza um compromisso com a sustentabilidade e eficiência energética.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Capital no Nordeste lança plano para ter 700 km de ciclovias

Uma capital no Nordeste deu um grande passo em direção a uma mobilidade mais sustentável e inclusiva. Isso porque o prefeito de Salvador, Bruno...