28 / 02 / 2024
InícioCotidianoEnem: Nordeste lidera com quase metade das redações nota mil

Enem: Nordeste lidera com quase metade das redações nota mil

O Nordeste teve um desempenho excepcional de 25 estudantes que conquistaram a nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023.

Para se ter uma ideia, esse número representa 41,6% das notas mil em todo o Brasil. Os estados que mais tiveram nota máxima na redação do Enem foram Rio de Janeiro e São Paulo, com sete cada. Logo após vem o Piauí e o Rio Grande do Norte, cada um com 6.

- Continua depois da publicidade -

As provas ocorreram nos dias 5 e 12 de novembro, com reaplicação em 12 e 13 de dezembro.

Estudantes que tiraram nota mil na redação do Enem

Estado Notas mil
Alagoas 0
Bahia 4
Ceará 4
Maranhão 0
Paraíba 0
Pernambuco 2
Piauí 6
Rio Grande do Norte 6
Sergipe 3
Brasil 60

Resultado do Enem já está disponível

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já divulgou os dados nesta terça-feira (16), revelando que, do total de 60 candidatos que atingiram a nota mil na redação, quatro eram provenientes da rede pública de ensino. Esse número representa um aumento significativo em comparação a 2022, quando apenas 18 redações alcançaram a pontuação máxima.

As notas individuais dos participantes já estão disponíveis desde as 10h30 na Página do Participante. Dessa forma, permite que cada candidato acesse e analise seu desempenho de maneira detalhada.

Em coletiva de imprensa sobre os dados da prova, o ministro da Educação, Camilo Santana, destacou a participação dos estudantes da rede pública. Ele também anunciou um estímulo adicional para aqueles que realizarem o Enem. Como parte da lei que prevê a bolsa do ensino médio, a ser sancionada nesta terça-feira, será destinado um valor para incentivar os candidatos a participarem ativamente do exame.

notas mil enem

Aumento de estudantes da rede pública

Um dos pontos notáveis destacados pelo Inep foi o aumento da participação de alunos da rede pública em relação ao ano anterior. Em 2022, 38,1% dos estudantes que concluíram o ensino médio prestaram o exame. Já em 2023 esse percentual subiu para 46,7%. Esse aumento representa não apenas um interesse crescente, mas também a quebra de barreiras socioeconômicas no acesso ao Enem.

No que diz respeito ao Programa Universidade para Todos (ProUni), o Ministério da Educação está avaliando se manterá a nota de corte para o programa, que oferece bolsas em universidades particulares. O edital do ProUni está previsto para quarta-feira, com datas e demais informações. As inscrições serão abertas a partir da 0h do dia 29 de janeiro. Desse modo, proporciona oportunidades para estudantes de diversas origens.

Em resumo, o Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior no Brasil. Ao mesmo tempo, também possibilita aos participantes concorrer a vagas em universidades públicas e privadas. Além disso, também serve para concorrer a financiamentos e bolsas privadas, com base nas notas obtidas nas provas. A relevância desse exame vai além das fronteiras nacionais, sendo aceito em processos seletivos de instituições de ensino superior ao redor do mundo.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Estados do Nordeste se destacam em Ranking de equilíbrio fiscal

Três estados do Nordeste se destacam no Ranking nacional da da relação Receita x Despesa. Os dados compilados pelo Compara Brasil, da Aequus Consultoria,...