04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioCotidianoNordestino herói centenário da 2ª guerra é homenageado aos 105 anos

Nordestino herói centenário da 2ª guerra é homenageado aos 105 anos

E ele é um dos últimos remanescentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que lutou na Segunda Guerra Mundial.

No dia 9 de novembro de 2023, o Comando Militar do Nordeste (CMNE) parou. Tudo isso para realizar uma justa e emocionante homenagem. E ele é um dos últimos remanescentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que lutou na Segunda Guerra Mundial. Joaquim Patrício de Araújo tem hoje 105 anos de idade. O veterano, que nasceu no distrito de Angélica, em Nazaré da Mata, Pernambuco, recebeu a Medalha Tributo à FEB, uma honraria concedida pelo Exército Brasileiro a personalidades que se destacaram na preservação e difusão da memória histórica da FEB.

Joaquim é um dos cerca de 25 mil brasileiros que integraram a FEB, a primeira e única tropa latino-americana a combater em solo europeu durante a Segunda Guerra Mundial. Entre 1944 e 1945, os pracinhas, como eram chamados os soldados brasileiros, participaram de diversas batalhas contra as forças do Eixo, na Itália, contribuindo para a libertação de cidades e regiões ocupadas pelos nazifascistas. A FEB foi responsável pela captura de mais de 20 mil prisioneiros de guerra, além de ter sofrido cerca de 900 baixas entre mortos e feridos.

- Continua depois da publicidade -

A princípio, Joaquim embarcou para a Itália em 23 de novembro de 1944. Ele fazia parte do 4° Escalão da FEB. Ao chegar em terras italianas, foi integrado primeiramente ao 1° Regimento de Infantaria (1° RI – Regimento Sampaio). Essa era uma das unidades mais prestigiadas do Exército Brasileiro. Ao mesmo tempo, durante sua estadia na Europa, Joaquim participou de operações militares até a rendição das tropas alemãs na Itália, em 2 de maio de 1945, um marco histórico que antecedeu o fim da guerra.

LEIA TAMBÉM:
A Reforma Tributária vai trazer benefícios para o Nordeste?
Nordestina de 93 anos com Alzheimer emociona a web com bebê
Capital do Nordeste vai ganhar túnel inovador para pedestres

Longa trajetória

Após o término do conflito, Joaquim retornou ao Brasil em julho de 1945, junto com seus companheiros de armas. Contudo, ele se estabeleceu em Olinda, Pernambuco, onde vive até hoje com sua família. Ele é casado há 78 anos com Maria José de Araújo, com quem teve 12 filhos, 32 netos, 42 bisnetos e 4 tataranetos. Joaquim é um exemplo de longevidade, vitalidade e patriotismo, que mantém vivo o espírito da FEB e o orgulho de ter servido sua pátria.

Joaquim Patrício de Araújo, um herói pernambucano que fez parte de um dos capítulos mais importantes da história nacional e mundial. Sua trajetória é uma fonte de inspiração e admiração para todos os brasileiros. Toda sua história serve para lembrar e honrar os feitos heróicos daqueles que lutaram pela liberdade e pela democracia.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Conheça a startup nordestina que ajuda a realizar cirurgias

A startup maranhense Syn Saúde está revolucionando o acesso a cirurgias eletivas no Brasil. Fundada em 2021 por Ana Lemos e Dener Zandonadi, a empresa atua como uma facilitadora, conectando hospitais,...