04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaPetrobras investirá R$ 90 milhões em projeto de Hidrogênio Verde no RN

Petrobras investirá R$ 90 milhões em projeto de Hidrogênio Verde no RN

Nesta quarta-feira (7/2), a Petrobras divulgou a assinatura de um Acordo de Cooperação com o Instituto Senai de Energias Renováveis do Rio Grande do Norte (Senai-ER) para a construção de uma unidade experimental de eletrólise.

Entenda  o acordo

  • Objetivo é avaliar a produção e utilização do hidrogênio produzido a partir da eletrólise da água, com o uso de energia solar
  • O propósito é examinar a fabricação e aplicação do hidrogênio obtido por meio da eletrólise da água, utilizando energia solar. O estudo será realizado nas instalações da usina solar de Alto Rodrigues, operada pela Petrobras no estado.
  • Inicialmente construída para pesquisas e desenvolvimento, a planta será ampliada de 1,0 MWp (Megawatt pico) para 2,5 MWp, a fim de satisfazer a demanda elétrica da unidade experimental de eletrólise.
  • O hidrogênio gerado será empregado para avaliar o desempenho e integridade estrutural de microturbinas durante a queima de misturas de hidrogênio e gás natural. O projeto tem duração estimada de três anos e contará com investimento de R$ 90 milhões.
  • Jean Paul Prates, presidente da Petrobras, destaca que o projeto auxiliará na análise de viabilidade econômica de iniciativas de hidrogênio de baixo carbono e seus derivados, buscando modelos de negócio de interesse da empresa.

LEIA TAMBÉM:
Nordeste registra chuvas acima da média e beneficia setores
Cidade do Nordeste se destaca na cena gastronômica mundial
Cidades do Nordeste têm a cesta básica mais barata do Brasil
Estado do Nordeste é o 1º do Brasil em vendas no comércio

- Continua depois da publicidade -
  • A Petrobras considera substituir o hidrogênio fóssil utilizado nos procedimentos de refino por hidrogênio de fonte renovável.
  • No contexto da parceria no Rio Grande do Norte, estão previstas a instalação de uma estação meteorológica, operação e manutenção de um sistema solar fotovoltaico, investigações sobre os efeitos térmicos na geração eólica e solar, além da avaliação do potencial eólico offshore.
  • Maurício Tolmasquim, diretor de Transição Energética e Sustentabilidade, ressalta que um dos focos do projeto é avançar no conhecimento sobre a operação da tecnologia de eletrólise conectada diretamente a fontes de energia renovável, que possuem características intermitentes.

REDAÇÃO com EPBR

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Conheça a startup nordestina que ajuda a realizar cirurgias

A startup maranhense Syn Saúde está revolucionando o acesso a cirurgias eletivas no Brasil. Fundada em 2021 por Ana Lemos e Dener Zandonadi, a empresa atua como uma facilitadora, conectando hospitais,...