04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioAcontece no NordesteStartup do Nordeste realiza simulação lunar inédita; entenda

Startup do Nordeste realiza simulação lunar inédita; entenda

Em celebração aos 65 anos da missão Apollo da NASA, que levou o homem à Lua em 20 de julho de 1969, a startup Inovatix Habitat Marte, com financiamento do programa Centelha II, realizará a primeira simulação espacial lunar do hemisfério sul.

Projeto é focado no avanço da pesquisa e exploração espacial

A estação de simulação espacial, chamada Habitat Lunar, está situada no Aerospace Complex, na zona rural de Caiçara do Rio do Vento RN, a aproximadamente 100 km de Natal. Este centro de treinamento faz parte do projeto “Inovação e Sustentabilidade Espacial e Formação de Astronautas”, desenvolvido pela startup Inovatix Habitat Marte.

- Continua depois da publicidade -

Sobre o Evento

A missão, programada para ocorrer entre 29 de maio e 1º de junho, permitirá aos participantes a prática de alguns protocolos de simulação e pesquisas. Segundo Júlio Rezende, professor do Departamento de Engenharia de Produção da UFRN e coordenador da iniciativa, mais de 200 protocolos e pesquisas que relacionam sustentabilidade e espaço foram desenvolvidos e estão sendo aplicados na estação espacial Habitat Lunar.

As missões continuarão ao longo dos meses de junho em diante, até o final do ano, com expectativa de extensão até 2025. O professor Júlio Rezende também destaca a dimensão internacional das atividades da startup, mencionando a participação de pessoas de mais de dez países em suas instalações.

Pesquisadores, profissionais e estudantes são convidados a aprofundar seus conhecimentos sobre exploração espacial, alinhando-se ao objetivo do Habitat de promover pesquisa e educação de qualidade nas áreas de espaço, sustentabilidade, ciência, tecnologia, engenharia e matemática. “Além disso, recebemos escolas e universidades para visitas técnicas. As pessoas podem participar das missões de simulação ou agendar visitas técnicas”, explica Júlio.

Além das simulações, o complexo oferece outras atrações focadas em sustentabilidade. “Contamos com várias construções sustentáveis que são essenciais para integrar e aprofundar os temas de espaço e sustentabilidade. A visita a essas estruturas proporciona uma experiência educativa completa”, afirma o professor Júlio Rezende.

O Programa Centelha, que financia esta iniciativa, é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operado pela Fundação CERTI e executado no Rio Grande do Norte pelo Sebrae.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Nordeste comanda ranking CVC dos destinos mais procurados para as férias de julho

A operadora reforça a operação de voos exclusivos e bloqueios para algumas das cidades mais procuradas para o período, tanto em destinos nacionais quanto...