21 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioCotidianoEstação Ferroviária de Teresina pode virar complexo cultural

Estação Ferroviária de Teresina pode virar complexo cultural

A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Piauí tem o propósito de converter a Estação Ferroviária de Teresina em um extenso complexo cultural. A superintendente local, Teresinha Ferreira, informou que essa iniciativa já foi apresentada ao presidente nacional do Iphan, Leandro Grass, e à ministra da Cultura, Margareth Menezes.

O edifício da antiga estação está passando por um processo de restauração conduzido pelo Iphan, com previsão de conclusão em maio de 2024. A reinauguração está agendada para agosto, coincidindo com as celebrações dos 172 anos de Teresina.

- Continua depois da publicidade -

O custo total da restauração do prédio ultrapassa os R$ 11,2 milhões, provenientes de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) estabelecido com uma empresa autuada pelo Iphan por danificar sítios arqueológicos no Sul do Estado.

O planejado complexo cultural abrangerá toda a área circundante à Estação Ferroviária de Teresina. Teresinha Ferreira ressaltou que contatos formais já foram estabelecidos com a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em busca de apoio para a criação desse Complexo Cultural da Estação. Ambas as instituições possuem programas de incentivo e patrocínio de projetos culturais.

LEIA TAMBÉM:
Tesouro turístico do Nordeste ganha novas dimensões; conheça
Estados do Nordeste estão no pódio da gestão fiscal no país
Nordeste desbanca o Sul como região que mais gera emprego
Cinco personalidades do Nordeste para inspirar você em 2024

Quanto à história da estação, prestes a completar 100 anos, o prédio é considerado um dos mais notáveis da cidade. Iniciou sua construção em 1922 e foi inaugurado em 1926, apresentando uma arquitetura eclética, adornada com madeira lavrada, telhado em duas águas e cobertura de telhas tipo marselha. A fachada exibe o ano de inauguração (1926) e o nome da cidade, que na época era grafado como “Theresina”.

Segundo especialistas do Iphan, a antiga estação e seu entorno desempenham um papel significativo na compreensão da urbanização da cidade. Em 2013, o conjunto foi tombado pelo Iphan, tornando-se um patrimônio histórico, econômico, cultural e social do Piauí e do Brasil.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Centro Histórico de Salvador têm programação de São João

Os festejos juninos no Centro Histórico da capital baiana 2024 reúnem uma programação variada com diversas atrações na Praça da Cruz Caída e Santo...