21 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaHackathon propõe alternativas para minimizar alagamentos em Recife

Hackathon propõe alternativas para minimizar alagamentos em Recife

A atenção especial voltou-se para a Avenida Recife

Durante os últimos quatro dias do Hackathon Recife, promovido pela Prefeitura do Recife, especialistas holandeses e brasileiros dedicaram-se a abordar questões relacionadas à macrodrenagem e a propor soluções estruturais para a região. A atenção especial voltou-se para a Avenida Recife, historicamente afetada pelo transbordamento da bacia do rio Tejipió. Durante as discussões, a Prefeitura compartilhou estudos prévios que propunham medidas para mitigar inundações na cidade. O prefeito do Recife, João Campos, elogiou positivamente os debates e soluções apresentadas no evento.

“O que experimentamos aqui é um exemplo do que deveria ser feito em quase todos os aspectos da cidade. Ter a capacidade de coconstrução, diálogo, escuta e alta capacidade técnica para resolver problemas históricos. Então, fiz questão de estar aqui, acompanhar essa reta final e tenho certeza de que terei a maior alegria do mundo em executar essas soluções. O capital público deve ser utilizado para a melhor solução técnica e social para o Recife. Estou ansioso para iniciar logo essas obras. Neste ano, vamos atingir um recorde de investimentos, chegando a R$ 750 milhões”, declarou o gestor.

 

- Continua depois da publicidade -
Prefeito João Campos Fotos: Rodolfo Loepert/Prefeitura do Recife
Prefeito João Campos Fotos: Rodolfo Loepert/Prefeitura do Recife

Os alagamentos na Avenida Recife foram tratados como um estudo de caso durante o evento. Imagens de um mapa com áreas inundadas em maio de 2022 mostraram as águas do Tejipió e Moxotó invadindo uma extensa área da cidade. Intervenções como a implementação de diques, com o fechamento de conexões entre rios e a área da avenida, foram indicadas como iniciativas importantes para reduzir alagamentos.

Na região em questão, a Prefeitura planeja uma grande obra para reduzir alagamentos no cruzamento das avenidas Recife e Dom Hélder Câmara. O projeto inclui a elevação do nível da Dom Hélder, com a instalação de reservatórios para captar águas pluviais sob a via, bem como a construção de diques. Também está prevista a requalificação urbana das Avenidas Dom Hélder Câmara e Dois Rios, incluindo o Pontilhão do SESI.

LEIA TAMBÉM:
Maior cidade do Nordeste fará investimento milionário em 690 ruas
VÍDEO: Por que o NORDESTE é a MECA do HIDROGENIO VERDE no mundo?
Réveillon no Nordeste! Como serão as principais festas de ano novo da região

Soluções como a construção de reservatórios sob pavimentos foram apontadas como alternativas, visando aplicar técnicas compensatórias na região. Um estudo realizado pelo ProMorar e EMLURB indicará pontos estratégicos na cidade para implementar essa técnica. Com esses reservatórios, a ideia é reter parte da água, impedindo que se acumule no pavimento e atinja os imóveis.

LEIA TAMBÉM:

Capital do Nordeste pode mudar de nome em breve
Nordeste lidera novas rotas com 62 voos só na alta temporada
Nordeste tem maior cidade do Brasil com tarifa zero no transporte
O plano de transformar os tubarões de PE em atração turística

Diques e reservatórios são considerados métodos eficazes para controlar o volume do rio, permitindo o escoamento das águas e reduzindo a frequência de inundações e os prejuízos à população. Futuramente, intervenções como a requalificação do eixo principal do rio, alargamento, parques lineares, comportas e outros sistemas de controle da vazão do rio serão discutidas com a sociedade civil e organizadas e implementadas pela Prefeitura do Recife.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Energisa amplia sua participação no Nordeste

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) finalizou o processo de aprovação da venda da Infra Gás e Energia para a Energisa. Com essa...