22 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioTurismoSeis aeroportos do Nordeste vão receber R$ 2 bilhões para reforma e...

Seis aeroportos do Nordeste vão receber R$ 2 bilhões para reforma e modernização

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, e o presidente do Banco do Nordeste, José Gomes da Costa, assinaram nesta terça-feira (1º), em Recife (PE), contratos de financiamento no valor de R$ 790,9 milhões para reforma dos aeroportos das cidades de Recife (PE), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE).

Os três aeroportos operados pela concessionária Aena Brasil fazem parte do bloco Nordeste e vão passar por obras de reforma e modernização.

- Continua depois da publicidade -

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou os investimentos na região. “Isso é de fundamental importância para potencializar o turismo. São investimentos que agregam valor ao turismo”, disse.

Sobre a revitalização dos aeroportos, Machado Neto destacou a relevância do modal aéreo em um país continental como o nosso. “Sem avião, sem aeroporto, a gente não consegue dar vazão à vocação turística que o Brasil tem. Agora, precisamos também trabalhar para que o valor das passagens diminua. Por exemplo, o mundo todo voa com combustível JET-A, só o Brasil voava com JET-A1. O nosso governo fez com que isso acabasse”, disse.

O aeroporto do Recife irá receber R$ 508,9 milhões. O valor será utilizado em construção civil. O terminal recebe, em média, 600 mil passageiros por mês. Já o aeroporto de Juazeiro do Norte, que atende cerca de 27 mil passageiros por mês, receberá R$ 168,2 milhões. O aeroporto de Campina Grande, por sua vez, receberá investimento de R$ 113,8 milhões. Ali são atendidos cerca de 11,4 mil passageiros por mês.

Além dos três equipamentos a serem financiados pelo Banco do Nordeste, outros três aeroportos (João Pessoa-PB, Aracaju-SE e Maceió-AL) também tiveram contratos assinados nesta terça-feira no valor de R$ 1,2 bilhão. Desse total, R$ 809,2 milhões são do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e R$ 400 milhões da empresa responsável pela administração dos aeroportos, a Aena Brasil.

Os seis aeroportos movimentam, aproximadamente, 14 milhões de passageiros por ano e foram cedidos à Aena Brasil por 30 anos, a partir de 2020, com o compromisso de realizar investimentos na adequação da infraestrutura e recomposição do nível de serviço estabelecido no leilão da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Do Ascom/MTur

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

CCJ do Senado aprova projeto de lei que libera cassino e bingo no país

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (19), por 14 votos a 12, o relatório sobre um projeto de...