22 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaSergipe terá safra recorde de milho em 2023

Sergipe terá safra recorde de milho em 2023

Colheita do milho será a maior da série histórica, segundo dados do IBGE

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 7 de dezembro, aponta para um aumento na colheita de grãos em Sergipe no presente ano, totalizando 1.028.554 toneladas, um incremento de 10,4% em relação ao ano anterior. Destaca-se também o milho sergipano, que, pelo segundo ano consecutivo, atinge uma safra recorde de 986.951 toneladas, representando um crescimento de 11,2% em comparação com o ano passado e registrando a maior colheita desde 2009, conforme histórico divulgado pelo instituto.

A estimativa para a área colhida de milho em 2023 é de 180.002 hectares, apresentando um aumento de 3,7% em relação ao ano anterior, e alcançando o melhor desempenho desde 2010. O secretário de Estado da Agricultura, Zeca Ramos da Silva, destaca que a estabilidade na média da área plantada reflete o investimento dos produtores em tecnologia, assistência técnica e práticas agrícolas.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com a Secretaria de Estado da Agricultura, os dados de 2023 poderiam ter sido ainda mais expressivos não fossem as chuvas irregulares. Apesar disso, o resultado é considerado muito positivo, posicionando Sergipe como o 4º maior produtor de milho, seguindo Bahia, Piauí e Maranhão, e o líder em rendimento médio na região Nordeste, com uma produtividade de 5.483 kg/ha.

O secretário da Agricultura ressalta que a liderança na produção de milho se deve a diversos fatores, incluindo práticas cultivares eficientes, mecanização avançada, acesso facilitado ao crédito agrícola, preços atrativos no mercado nacional e internacional, e incentivos fiscais do Governo de Sergipe, que reduziu a alíquota do ICMS de 12% para 2% desde 2019.

LEIA TAMBÉM:
Ponte do Futuro: obra de R$ 500 milhões mudará a cara da PB
Nordeste terá ponte de R$ 202 milhões para ligar 2 estados
Maior construtora do Nordeste vai restaurar hotéis icônicos em Salvador
Grupo de Abu Dhabi deve investir R$12 bilhões no Nordeste; saiba mais

Em relação ao mercado internacional em 2023, destaca-se que Sergipe iniciou a exportação de milho produzido localmente por meio do Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), sendo aproximadamente 50% das 60 toneladas exportadas originárias do estado.

Os municípios que se destacam como maiores produtores de milho em Sergipe, conforme informações da Secretaria de Estado da Agricultura, são Simão Dias, Carira, Frei Paulo, Nossa Senhora da Glória, Gararu e Feira Nova. Simão Dias, em particular, apresenta a maior produção e produtividade. A expansão da cultura do milho é evidente nos territórios agrestino e sertanejo, abrangendo dezesseis municípios, com mais de 90% das áreas de lavoura dedicadas ao grão. O chefe do escritório da Emdagro em Simão Dias, Cesar Valadares, destaca que a produção local está dentro das expectativas, com uma previsão de colheita total de 28 mil hectares em 2023 e rendimento médio nos últimos anos de 6.930 quilos por hectare.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Hoje é o Dia Mundial do Skate: nomes, pistas e destaques do Nordeste

Na próxima sexta-feira, dia 21 de junho, será o Dia Mundial do Skate, e o Nordeste do Brasil, uma região conhecida por suas belas...