04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaSudene encerra 2023 apoiando 73 projetos de startups no Nordeste

Sudene encerra 2023 apoiando 73 projetos de startups no Nordeste

Maioria das iniciativas está concentrada nas áreas de tecnologias sociais e telecomunicações. Projetos dialogam com as diretrizes do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE).

Em 2023, a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) apoiou predominantemente startups voltadas para o desenvolvimento de soluções nas áreas de tecnologias sociais e telecomunicações por meio do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento. A autarquia destinou recursos da ordem de R$ 5,6 milhões para respaldar 73 projetos inovadores em sete estados da sua área de atuação. Esses recursos provêm do montante equivalente a 1,5% das operações do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE).

O superintendente da Sudene, Danilo Cabral, enfatizou que essa iniciativa é inédita e tem como objetivo impulsionar o empreendedorismo aliado à inovação no Nordeste. Ele ressaltou que apoiar o desenvolvimento tecnológico de soluções alinhadas às necessidades sociais da região é uma estratégia para dinamizar o mercado de ciência e tecnologia, contribuindo para a redução das desigualdades regionais.

- Continua depois da publicidade -

A Sudene busca fortalecer seu papel no ecossistema de ciência, tecnologia e inovação, com os projetos alinhados ao Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que reserva um eixo específico para a área de inovação. As diretrizes incluem a difusão de pesquisas e tecnologias para arranjos produtivos locais, a formação de recursos humanos e a criação de polos de produção científica.

LEIA TAMBÉM:
Cidade do Nordeste tem lançamento de carro voador
Globo vai gravar sua próxima novela no interior do Nordeste
Nordeste tem 4 destinos entre os mais buscados no fim de ano

Para a seleção dos projetos, a Sudene colaborou com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), avaliando soluções participantes do Programa Centelha 2. Para atuar de maneira descentralizada, a autarquia estabeleceu acordos de cooperação técnica com as fundações estaduais de amparo à pesquisa, além do Sebrae no estado do Rio Grande do Norte.

Neste ano, Maranhão, Paraíba e Piauí tiveram 11 projetos cada selecionados, enquanto Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe contaram com dez iniciativas apoiadas. Outras 27 empresas devem ser contempladas na Bahia, Ceará e Minas Gerais em 2024. Em média, a Sudene investiu aproximadamente R$ 560 mil em cada estado participante.

LEIA TAMBÉM
Cidade do Nordeste entra no ranking das mais ricas do Brasil
“Ao infinito e além!” Nordeste retoma protagonismo aeroespacial
Queda de meteoro ilumina o céu de região do Nordeste

Dos 73 projetos escolhidos, 23 pertenciam à área de tecnologia social, focada no desenvolvimento de métodos ou soluções efetivas para atender às demandas sociais. A área de telecomunicações teve 11 projetos selecionados, seguida por química e novos materiais, com 10 soluções. Também foram contempladas propostas nas áreas de design, realidade virtual, biotecnologia, automação, entre outras.

O coordenador de Tecnologia e Inovação da Sudene, Manoel Barreiros, indicou que o programa de apoio à ciência e tecnologia cria condições para que a autarquia lance editais próprios no futuro, abrangendo áreas como economia criativa, tecnologia no campo e iniciativas lideradas por mulheres inovadoras.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Conheça a startup nordestina que ajuda a realizar cirurgias

A startup maranhense Syn Saúde está revolucionando o acesso a cirurgias eletivas no Brasil. Fundada em 2021 por Ana Lemos e Dener Zandonadi, a empresa atua como uma facilitadora, conectando hospitais,...