04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEntretenimentoCarnaval de São Paulo tem o Nordeste no tema; saiba mais

Carnaval de São Paulo tem o Nordeste no tema; saiba mais

O Carnaval de São Paulo é o que mais gera receita bruta do Brasil e tem o segundo melhor desfile de Carnaval Tradição do país.

Neste ano, os desfiles acontecem nos dias 3 (sábado), 9 (sexta-feira), 10 (sábado) e 11 (domingo) de fevereiro, com desfiles do grupo de Acesso e do Grupo Especial.

- Continua depois da publicidade -

Confira a Programação:

Primeira noite – 9 de fevereiro Grupo Especial

  1. Camisa Verde e Branco
  2. Barroca Zona Sul
  3. Dragões da Real
  4. Independente Tricolor
  5. Acadêmicos do Tatuapé
  6. Mancha Verde
  7. Rosas de Ouro

Segunda noite – 10 de fevereiro Grupo Especial

  1. Vai-Vai
  2. Tom Maior
  3. Mocidade Alegre
  4. Gaviões da Fiel
  5. Águia de Ouro
  6. Império de Casa Verde
  7. Acadêmicos do Tucuruvi

Grupo de Acesso 1 – 11 de fevereiro de 2024

  1. Dom Bosco
  2. Torcida Jovem
  3. Nenê de Vila Matilde
  4. Pérola Negra
  5. Colorado do Brás
  6. Vila Maria
  7. Terceiro Milênio
  8. Mocidade Unida da Mooca

Grupo de Acesso 2 – 3 de fevereiro de 2024

  1. Unidos de São Miguel
  2. Unidos de São Lucas
  3. Imperatriz da Pauliceia
  4. Amizade Zona Leste
  5. Uirapuru da Mooca
  6. X-9 Paulistana
  7. Camisa 12
  8. Cidade Líder
  9. Imperador do Ipiranga
  10. Morro da Casa Verde
  11. Unidos do Peruche

Nordeste vem com o Carnaval da X9 Paulistana

O Nordeste comumente é tema de desfiles de escola de samba, tanto no Rio de Janeiro como também em São Paulo, e em 2024, não poderia ser diferente, a região vai está presente no desfile da X9 Paulistana, com o tema “Nordestino sim, nordestinado jamais!”, inspirada no saudoso poeta, “Patativa do Assaré”.

A composição musical “Nordestino Sim, Nordestinado Jamais”, presente no repertório da escola de samba X-9 Paulistana, celebra a cultura, resiliência e o orgulho do povo nordestino. A letra inicialmente convida o ouvinte a se preparar para uma imersão nas histórias e vivências que serão compartilhadas, destacando a riqueza cultural do Nordeste brasileiro. O eu lírico, identificado com a origem sertaneja e litorânea, afirma sua identidade nordestina, resistindo ao termo pejorativo ‘nordestinado’, e deixando um legado mesmo cumprindo seu destino.

A composição explora elementos típicos da região, como a viola, a sanfona, a rapadura, e amuletos como o patuá e a figa, representando a fé e superstições locais. Amor pelo xodó, culinária com pimenta, dendê e jiló, e a alegria de viver, simbolizada pela escola de samba que ‘dá a volta por cima’, são mencionados na letra. Figuras icônicas como Vitalino e a Mulher Rendeira, assim como a celebração de São João, destacam a riqueza das tradições nordestinas.

A composição presta homenagem ao Nordeste, citando a dança do xaxado e o arrasta-pé, e faz referência ao poeta Patativa do Assaré, que retratou a vida sertaneja em sua obra. A escola de samba, localizada na Zona Norte, provavelmente em São Paulo, se posiciona como representante da comunidade, destacando a força da fé e da união em celebração e resistência cultural.

Letra do samba-enredo da X-9 Paulistana para o Carnaval 2024

Prepare o seu coração
Pras coisas que eu vou contar
Eu venho lá do sertão
Também da beira do mar
Já cumpri o meu destino
Vou deixando meu legado
Eu pra sempre nordestino
E jamais nordestinado
Sou parceiro da viola
A sanfona é minha amiga
Rapadura na sacola
Trago patuá e figa
Sou arretado e adoro um xodó
Sou da pimenta, do dendê e jiló
Meu deus do céu
Ser feliz é minha sina
Eu Sou a X-9 dando a volta por cima

Com a enxada
sob o Sol a pino

Lembro Vitalino e a
Mulher Rendeira
E a noite quando é São João
O povo se une
em volta da fogueira
E o meu nordeste
da cultura popular
No meu chamego
zabumbeia o coração
Brasil meu nego,
esse é o meu lugar
Chega pra cá, mas não se avexe não
Arreda que a Zona Norte
Ninguém pode segurar
A reza pro santo é forte
Hoje vai abençoar
Num chão rachado
xaxado e arrasta pé
Em homenagem a
Patativa do Assaré

Escute o Samba Enredo “Nordestino sim, nordestinado jamais!” X9 Paulistana

Quem foi Patativa de Assaré?

Patativa de Assaré

O cearense Patativa do Assaré, cujo nome real era Antônio Gonçalves da Silva, foi um renomado poeta, compositor e repentista brasileiro. Ele nasceu em 5 de março de 1909, no município de Assaré, no Ceará, e faleceu em 5 de julho de 2002.

Patativa do Assaré ficou conhecido por suas composições poéticas que retratavam a vida no sertão nordestino, abordando temas como a seca, a miséria, a cultura popular e as questões sociais. Suas obras eram marcadas por uma linguagem simples e autêntica, refletindo a realidade e as experiências do povo nordestino.

Entre suas obras mais conhecidas estão “Inspiração Nordestina”, “Cante Lá que Eu Canto Cá”, “Ispinho e Fulô” e “Balceiro”. Patativa do Assaré tornou-se uma figura importante na literatura de cordel e na cultura popular brasileira, sendo reconhecido nacional e internacionalmente por sua contribuição para a preservação e divulgação da cultura nordestina.

 

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Nordeste comanda ranking CVC dos destinos mais procurados para as férias de julho

A operadora reforça a operação de voos exclusivos e bloqueios para algumas das cidades mais procuradas para o período, tanto em destinos nacionais quanto...