04 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioCidadesRecifeCarnaval do Recife 2024: saiba o que te espera

Carnaval do Recife 2024: saiba o que te espera

Recife anuncia inovações para o Carnaval 2024: Mais dias, mais atrações e mais dinamismo financeiro

O Carnaval da capital pernambucana está se preparando para surpreender em 2024, introduzindo mudanças significativas que prometem elevar a festividade a novos patamares de animação e participação popular. Entre as novidades, a adição de um dia extra, tornando a folia oficialmente uma celebração que se inicia na quinta-feira. Além disso, o número de apresentações artísticas será aumentado de 2,8 mil para um total de 3 mil, com impressionantes 98% da programação destacando os talentos locais, com ênfase especial na rica cultura popular.

Carnaval Recife 2024
Carnaval Recife 2024

Para potencializar ainda mais o impacto, a divulgação antecipada de parte da grade artística visa movimentar meio milhão de Reais adicionais na cidade, resultando em um aumento geral de 25% na movimentação financeira do evento. Este esforço para adiantar datas e informações promete não apenas enriquecer a experiência dos foliões, mas também impulsionar economicamente a cidade.

- Continua depois da publicidade -

Os mestres dos fazeres carnavalescos, como Alceu Valença, Lenine, Spok, Orquestra Popular da Bomba do Hemetério, André Rio, Antônio Nóbrega, Elba Ramalho, Nena Queiroga, Almir Rouche e Lia de Itamaracá, estão entre os anfitriões confirmados para animar a festa. A programação inclui uma diversidade de estilos, desde Gilberto Gil, Ludmilla, rapper Matuê, Banda Olodum, sambistas como Mart’nália, Thiaguinho e Mumuzinho, até a presença marcante de Luíza Sonza e dos roqueiros Samuel Rosa (Ex-Skank), Pitty e Paralamas do Sucesso.

O Mangue, homenageado ao lado de Lia de Itamaracá e especialmente de Chico Science, desempenhará um papel proeminente, contando com a presença de figuras icônicas que moldaram os 30 anos do Movimento, como Mestre Ambrósio, Nação Zumbi, Isaar, Karina Buhr, Louise, Otto, Devotos, Mundo Livre e Mônica Feijó. O tributo ao Mangue, intitulado “Cidade do Mangue”, promete enriquecer a experiência cultural do público.

A influência do brega, personificada por Reginaldo Rossi, rei incontestável desse movimento musical, também será celebrada com o espetáculo “Capital do Brega”. O Carnaval será permeado por frevo, com maestria apresentada por nomes como Maestro Duda, Edson Rodrigues, Formiga e sua Orquestra Popular do Recife, além do Coral Edgar Moraes, Geraldo Azevedo, Claudionor Germano, Nena Queiroga, Marron Brasileiro e Frevo do Mundo. O samba local terá sua representação através de artistas como Belo Xis, Karynna Spinelli e Gerlane Lops. Outras atrações e detalhes emocionantes do Carnaval serão anunciados em breve, prometendo uma celebração verdadeiramente memorável em Recife.

 

Carnaval Recife 2024
Carnaval Recife 2024

“O Carnaval deste ano foi ótimo, e no ano que vem será ainda maior. Pela primeira vez, teremos um dia oficial extra, a partir de quinta-feira. Estamos anunciando isso em novembro, para permitir uma melhor organização e planejamento. Poderemos lançar uma grande campanha de turismo em todo o país, divulgando nosso destino e mostrando o já incrível Carnaval do Recife, e queremos aumentar o número de visitantes. Tenho certeza que a festa do ano que vem será a maior da história”, enfatiza o prefeito João Campos.

A noite de quinta-feira ganha ainda mais força, porque o dia já era marcado pela cerimônia Ubuntu, com a lavagem da Boulevard da Avenida Rio Branco e o encontro dos Afoxés que antecede o Tumaraca, encontro de Nações de Maracatu, ambas manifestações que reverenciam a ancestralidade negra que permeia e constrói toda a beleza e diversidade do Carnaval do Recife e marcam o encerramento das prévias. No Carnaval de 2024, a noite será oficializada como a abertura da folia e se estenderá com mais shows de grande porte depois da sacralização e do axé de boas vindas à magia momesca.

“O Carnaval é feito com a nossa cultura. Recebemos os artistas convidados, mas 98% da nossa base é o que o Recife tem de diferente para mostrar para o mundo e para ser vivido por quem está na cidade”, afirmou o Secretário de Cultura do Recife, Ricardo Melo. Segundo o presidente da Fundação de Cultura do Recife, Marcelo Canuto, a festa vai, mais uma vez, encantar tanto os visitantes quanto os próprios recifenses. “Apoiamos centenas de blocos para manter viva essa tradição que se estende por toda a cidade, do Marco Zero até a ponta de uma troça. Vai ser mesmo o maior Carnaval em linha reta da história”, comemora.

LEIA TAMBÉM:
Ranking elege melhores cidades do Nordeste para envelhecer
Cinco coisas espetaculares que você só vai ver no Nordeste
Escola pública do Nordeste ganha prêmio de melhor do mundo

A antecipação de parte da grade das atrações e do processo também visa incrementar a movimentação financeira na cidade. No último Carnaval, a cidade movimentou mais de R$ 2 bilhões e, com as medidas de antecipação dos anúncios e ampliação da festa, estima-se que a cidade possa promover a movimentação de R$ 500 milhões a mais graças ao ciclo carnavalesco, aumentando em 25% o montante que já circula na cidade e firmando o destino recifense como uma das maiores e mais democráticas festas populares do país. Com a iniciativa, outra meta é ampliar a captação de recursos via patrocinadores para praticamente dobrar a cota de apoio e chegar a R$ 15 milhões, o que permitirá maior aporte de recursos na festa como um todo, reduzindo os investimentos públicos (na última edição foram captados R$ 8 milhões).

“Essa ação inédita, vai ter um impacto direto para nossa cidade, com uma taxa de ocupação mais alta na rede hoteleira, um ritmo mais intenso nos nossos bares e restaurantes, e permitir à Prefeitura fazer um trabalho robusto de captação de patrocínio privado”, avaliou o secretário de Turismo e Lazer do Recife, Antônio Coelho.

O Carnaval de 2024 será o primeiro a ser realizado após a instituição do Protocolo Violeta, que determina enfrentamento à importunação sexual e a violência contra as mulheres nos espaços de lazer. “A gente espera que todos os bares, restaurantes, hotéis, os espaços públicos e privados estejam preparados para proteger as mulheres dos assédios e dos constrangimentos. A gente espera fazer um grande Carnaval onde não é não e a brincadeira possa correr solta com respeito e inclusão”, lembra a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão.

Força da Cultura Popular

A cultura popular será a principal estrela da força do que faz a tradição e a diferença do Carnaval recifense em detrimento das demais festas nacionais e internacionais. Os brinquedos populares, assim como em 2023, servirão não só de abre-alas da folia, com uma intensa agenda desde as prévias, ainda em janeiro, bem como abrirão a programação de todos os polos de folia nos dias de Momo em si. A programação do cortejo de Agremiações “De Pátio a Pátio”, que estreou este ano, movimentando as ruas de Santo Antônio e São José, berço das tradições tradições carnavalescas, volta ampliado com a potência das tradições de blocos líricos, maracatus de baque solto e virado, escolas de samba, afoxés, ursos, bois, troças carnavalescas, clubes de boneco, tribos de índio e caboclinhos.

LEIA TAMBÉM:
A Reforma Tributária vai trazer benefícios para o Nordeste?
Nordestina de 93 anos com Alzheimer emociona a web com bebê
Capital do Nordeste vai ganhar túnel inovador para pedestres

Além do Pátio a Pátio e dos palcos, a Cultura Popular se faz protagonista em pelo menos outros 16 eventos distintos, que marcam o ciclo carnavalesco como nos concursos de Rei e Rainha, Porta-estandarte, Porta-Flabelos, Mestre sala e Porta Bandeira, passistas, Acertos de Marcha de Blocos de Pau e Corda, Terças Negras Especiais, Encontro de Baques, Caboclinhos e Índios, ensaios e Encontro Tumaraca, Ubuntu, Encontro dos Afoxés, Encontro de Bois e Ursos, Encontro dos Blocos Líricos, Encontro de Maracatus de Baque Solto, Encontro de Blocos Afro, Noite dos Tambores Silenciosos, Tambores Mirins, além dos Corredores da Folia, Samba da Moeda e o tradicional Concurso de Agremiações.

Números do Carnaval 2023

No Carnaval de 2023, a festa gerou cerca de 50 mil postos de trabalho temporário e o fluxo de passageiros em fevereiro foi de 420 mil pessoas, segundo dados coletados pelo Observatório do Turismo do Recife (OTREC). Para o período carnavalesco, as principais companhias aéreas como Azul, Gol e Latam incrementaram a oferta de voos, injetando 100 voos extras para atender a demanda, além dos 1.750 voos regulares. Atualmente, Recife realiza conexões diretas com quase todos os estados, incluindo o Distrito Federal, sendo 36 voos diretos nacionais e 5 diretos internacionais (Montevidéu, Uruguai; Buenos Aires, Argentina; Orlando e Fort Lauderdale, Estados Unidos; e Lisboa, Portugal).

● Mais de 2,7 milhões de foliões curtiram as festas de Momo nos 44 polos da cidade, com uma média de 300 mil pessoas por dia no principal polo, o Marco Zero;

● Injeção de cerca de R$ 2 bilhões na economia, gerando em torno de 50 mil postos de trabalho temporários;

● Mais de 2,8 mil artistas se apresentaram, sendo 98% da grade com artistas locais, 1.644 apresentações da cultura popular – cerca de 60% -, 340 apresentações de orquestras de frevo e mais de 500 apresentações de bois de carnaval, caboclinhos, afoxés, maracatus e outras manifestações culturais, em mais de 1 mil horas de shows;

● Antes da folia em si, entre concursos carnavalescos, acertos de marcha, Terças Negras e variadas programações, mais de 50 prévias ferveram a cidade desde janeiro até quinta-feira que antecede os festejos de momo regados ao mais tradicional da cultura popular e dos brinquedos festivos.

● Cultura popular em destaque – Os brincantes da cultura popular protagonizaram a abertura da programação de todos os palcos, inclusive e principalmente o do Marco Zero, e entregando à cidade novidades como o cortejo De Pátio a Pátio, que desfilou as cores, belezas e histórias das agremiações pelas ruas do centro.

● Entre os novos polos de folia, o Novo Cais, no Armazém do Campo, e o palco infantil na Rua da Aurora;

● Carnaval Inclusivo – O palco do Marco Zero contou com tradução em Libras e Audiodescrição. Além dos intérpretes de libras e equipamentos de audiodescrição, a pessoa com deficiência que foi prestigiar os shows no Marco Zero contou com um espaço acessível em frente ao palco.

● No Aeroporto Internacional do Recife, o fluxo de passageiros no mês de fevereiro foi de 420 mil pessoas, segundo o Observatório do Turismo do Recife (OTREC);

● As principais companhias aéreas como Azul, Gol e Latam incrementaram a oferta de voos, injetando 100 voos extras para atender a demanda, além dos 1.750 voos regulares;

● A ocupação hoteleira do Recife, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco, foi de 96,12%, com permanência média de 5 noites;

● A Central do Carnaval contou com Arena de Serviços, Gastronômica e de Artesanato e por lá passaram cerca de 611 mil pessoas, 30% a mais que em 2020, com faturamento de R$ 2,8 milhões.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Capital no Nordeste lança plano para ter 700 km de ciclovias

Uma capital no Nordeste deu um grande passo em direção a uma mobilidade mais sustentável e inclusiva. Isso porque o prefeito de Salvador, Bruno...