19 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioEconomiaEstados do Nordeste são destaques em pesquisa de consumo

Estados do Nordeste são destaques em pesquisa de consumo

Conforme dados do IPC Maps, que monitora dados e realiza pesquisa de  potencial de consumo em 2024. No ranking nacional, os estados do Piauí (6,1%), Santa Catarina (5,4%), Mato Grosso (5,3%) e Paraíba (5,2%) lideram as taxas de expansão do consumo neste ano. Apenas 13 das 27 unidades da federação terão crescimento do consumo este ano.

Embora em ritmo menor, Pesquisa IPC Maps prevê alta do Consumo Nacional em 2,5%

No Nordeste, Piauí e Paraíba vão puxar o potencial de consumo da Região este ano, que terá crescimento real de apenas 0,5%.

- Continua depois da publicidade -

Cenário na Paraíba chega a 110 bilhões

O potencial de consumo das famílias paraibanas vai ultrapassar, pela primeira vez, a marca dos R$ 100 bilhões. É o que revela a pesquisa IPC Maps 2024 (mapa do Índice do Potencial de Consumo), divulgada pela empresa IPC Marketing Editora de São Paulo, que há 30 anos calcula os índices de potencial de consumo dos estados e das cidades brasileiras, com base em dados oficiais.

Ao longo deste ano, os paraibanos dos 223 municípios deverão desembolsar R$ 101,8 bilhões com mais de 20 itens de bens de consumo mapeados pelo estudo do IPC Maps. Dessa forma, vai representar um aumento real de 5,25% (descontada a inflação) sobre o ano passado, que será o dobro do crescimento da média nacional (2,5%).

LEIA TAMBÉM:
IBGE: Paraíba lidera crescimento no Nordeste do Setor de Serviços
Médica do RN improvisa e salva bebê com embalagem de bolo
São João de CG tem recorde de público e a maior quadrilha do mundo
Nordeste dispara 3,2% e é a região que mais cresce no Brasil

Sobre o  IPC Maps

Publicado anualmente pela IPC Marketing Editora, que aplica metodologias exclusivas para calcular o potencial de consumo nacional, o IPC Maps é o único estudo que detalha em números absolutos o potencial de consumo por categorias de produtos para cada um dos 5.570 municípios do Brasil, com base em dados oficiais, através de softwares de geoprocessamento. Ao mesmo tempo, este estudo oferece múltiplos indicadores de 22 itens da economia, por classes sociais, focados em cada cidade, sua população, áreas urbana e rural, setores de produção e serviços, entre outros. Isso permite comparações detalhadas entre os municípios, seu entorno, estados, regiões e áreas metropolitanas, inclusive em relação a períodos anteriores. Além disso, o IPC Maps fornece um detalhamento específico de setores a partir de diferentes categorias.

LEIA TAMBÉM:
Estado do Nordeste cresce 24% e lidera produção industrial no Brasil
Conheça 11 cidades de frio do Nordeste
Saída do El Niño e vinda de La Niña remexerá clima do Nordeste

 

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Projeto vai preservar manuscritos de José Américo de Almeida

Documentos manuscritos do renomado escritor e ex-ministro José Américo de Almeida estão sendo digitalizados por uma equipe de pesquisadores da Fundação Casa de José...