19 / 06 / 2024

O Nordeste Está Aqui!

InícioPolíticaMaranhão reajusta salário dos professores para o piso nacional

Maranhão reajusta salário dos professores para o piso nacional

O Governo do Maranhão anunciou um aumento salarial para todos os professores da rede estadual, visando a implementação do piso nacional tanto para os concursados quanto para os contratados. O comunicado foi oficializado no último domingo (7).

Conforme declarado pelo governador Carlos Brandão, todos os docentes serão beneficiados com o reajuste correspondente ao piso nacional do magistério, divulgado pelo governo federal por meio do Ministério da Educação, em uma publicação no Diário Oficial da União datada de 29 de dezembro de 2023.

- Continua depois da publicidade -

O governador Carlos Brandão enfatizou que essa medida visa valorizar os professores e fortalecer a rede estadual de ensino, que tem apresentado avanços significativos desde o início de seu mandato, em abril do ano anterior. Ele destacou o compromisso em promover avanços nos principais aspectos para consolidar uma educação mais robusta e inclusiva.

Pagamento tem início em janeiro

O pagamento do reajuste terá início neste mês de janeiro, contemplando tanto os professores efetivos quanto os contratados. Além do aumento salarial, o governo maranhense assegurou a renovação dos contratos dos professores contratados, sendo que mais de 11.500 profissionais atuam atualmente na rede estadual.

Adicionalmente, foi divulgado que o ano letivo de 2024 nas escolas da rede pública estadual terá início em 19 de fevereiro, segunda-feira, logo após o Carnaval.

LEIA TAMBÉM:

Cidades do Norte e Nordeste terão programa para contratação de médicos
Destinos do Nordeste lideram procura por viagens no Carnaval
Zagallo: o maior do futebol do Nordeste e um gigante mundial
BBB 24: conheça os três representantes do Nordeste na casa

No âmbito educacional, o Estado do Maranhão registrou avanços expressivos em 2023, com a expansão do número de vagas mediante a construção de novas unidades de ensino. Estudantes da rede estadual destacaram-se em competições nacionais e internacionais. No ensino superior, a abertura de novos cursos na Universidade Estadual do Maranhão (Uema) resultou em um recorde de inscrições. Investimentos foram realizados para garantir a permanência de alunos de baixa renda em sala de aula, incluindo o programa Transporte Universitário.

Ao encerrar o ano de 2023, o Governo do Maranhão consolidou-se como o segundo estado brasileiro que mais investiu em bolsas de mestrado e doutorado, impulsionando significativamente a pesquisa científica.

Siga-nos no Instagram @portalne9!
Participe do nosso grupo no Telegram!
Participe do nosso grupo no WhatsApp!

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

- PUBLICIDADE -

Concursos e Empregos

Projeto vai preservar manuscritos de José Américo de Almeida

Documentos manuscritos do renomado escritor e ex-ministro José Américo de Almeida estão sendo digitalizados por uma equipe de pesquisadores da Fundação Casa de José...